Capítulo Custodial de 05 a 09 de novembro com o tema “Minoridade e Itinerância”, em Brodowski / SP

472

O Senhor vos dê a Paz!

O Capítulo de uma entidade é sempre um momento da graça do Senhor, em vista da recuperação do carisma original, de fecundas discussões e avaliações em Fraternidade, bem como de revisão e redimensionamento das estruturas onde servimos. Neste sentido, queremos bem iniciar este tempo de graça, dedicando todo o tempo necessário em prol daquilo que sonhamos e queremos.

Em atenção às sugestões da Comissão Preparatória, resolvemos por bem eleger como tema do Capítulo Custodial: Minoridade e Itinerância e como lema: Anunciar o Evangelho aonde o Senhor nos enviar! O local sede do Capítulo será na Casa Dom Luís na cidade de Brodowski/SP.

O norte de nossa preparação ao Capítulo deve mirar uma reflexão da minoridade enquanto abertura pessoal para “arrumar a casa” e a itinerância, enquanto busca para sair de nossas zonas de confortos pessoais e institucionais. Já o complemento “anunciar o Evangelho onde o Senhor nos enviar” complementa as duas indicações MINORIDADE E ITINERÂNCIA, usando as palavras do último documento da Ordem que se chama Ide e Anunciai. Esse documento fala das novas frentes de evangelização e como dinamizar as antigas frentes assumidas por nós no passado. Por conseguinte, arrumar a casa como MENORES exige mudanças, ITINERÂNCIA, abertura para a novidade dos tempos. Traçar um projeto de vida fraterna e missão, fechar algumas frentes de atuação (casas), abrir outras, rediscutir o modo de administrar os bens temporais e o caixa comum, continuar onde estamos ou sermos transferidos, são alguns de nossos desafios que nos farão sonhar com uma Custódia diferente, sempre aberta aos sinais dos tempos.

Em sintonia com o que estão fazendo outras entidades no ano capitular, sugerimos a leitura e reflexão de dois textos inspiracionais. O primeiro texto é a mensagem do Papa Francisco aos frades franciscanos, proferida no Vaticano, a 23 de novembro de 2017. O segundo texto é extraído do Documento Ite, nuntiate: Diretrizes sobre as novas formas de vida e missão na Ordem dos Frades Menores, Roma, 2017, p. 29-31. O documento fala em modo claro e objetivo sobre as iniciativas experimentadas pela Ordem, em diferentes contextos, desde o Concílio Vaticano II, buscando retomar sua identidade originária. Para o processo de revitalização das nossas presenças e para avançarmos no redimensionamento, que nos pede a coragem de partir rumo a novas direções, trazemos os sete critérios indicados no documento como norteadores de nossas opções.

Frei Ivo Müller, OFM
Visitador Geral

Disponível em Custódia Sagrado Coração de Jesus

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui