Convento de São Francisco comemora 800 anos da criação do presépio com programação especial

95

Representação do nascimento do Menino Jesus também será inaugurada no monastério

Convento de São Francisco em Olinda, vai inaugurar no dia 08/12 o seu presépio com uma campanha de Natal Solidário
O Convento de São Francisco, em Olinda, Região Metropolitana do Recife, vai inaugurar, nesta quinta-feira (8), um presépio para a abertura das comemorações natalinasA montagem da cena, que marca o nascimento do Menino Jesus, ganha, ainda, outro contorno especial, já que também inicia a celebração dos 800 anos da criação do presépio natalino. 

“Francisco criou o primeiro presépio, depois a igreja e as culturas foram se apropriando, recriando nas casas, lojas e praças. Hoje é uma tradição de todos, mas segue sendo uma marca no imaginário e na vida franciscana, porque esse gesto criativo e simbólico foi logo depois de um ato muito importante: a aprovação da regra, do modo de viver dos frades menores, aprovada em 29 de novembro de 1223”, conta o frei.

O costume de montar presépios com a chegada do Natal espalhou-se pela Europa até que, em 1567, a duquesa de Amalfi mandou montar um presépio com 116 figuras, entre animais, anjos e os presentes na história bíblica.

Mas foi apenas no século 18 que o costume de montar o presépio nas casas comuns foi popularizado no mundo.

Convento de São Francisco em Olinda, vai inaugurar no dia 08/12 o seu presépio com uma campanha de Natal Solidário. Foto: Alexandre Aroeira / Folha de Pernambuco

“A intuição de Francisco era que entrássemos na cena e pudéssemos sentir e ver de perto, por um lado, as condições precárias do nascimento do Menino Deus e dos outros filhos de Deus ainda hoje, e, por outro lado, que pudéssemos participar com a nossa alegria e criatividade desse acontecimento singelo e radical que mudou o rumo da história da humanidade”, explica Frei César.

Como visitar o presépio 
Para visitar o presépio montado no Convento de São Francisco, é preciso ficar atento à programação natalina liberada nas redes sociais da instituição religiosa.

Fontes: folhape.com.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui