Noviços angolanos fazem a Primeira Profissão no dia 8 de janeiro

394

Depois de viver um tempo de graça e provação, como é chamado o Noviciado na formação franciscana, em Angola, na Fraternidade Franciscana Santo Antônio, em Quibala, 14 noviços farão a Primeira Profissão no dia 8 de janeiro, às 10 horas: Frei Benedito Cassoma, Frei Benjamim Njle Songa, Frei Bernardino Quessongo, Frei Castro Domingos Gaspar, Frei Dâmaso Tchembeka Muhepe, Frei David Avelino Damião Vicente, Frei Francisco Fernando Kanhanga Tchingandu, Frei José Cambanda Catimba, Frei José Gregório Severino, Frei Manuel Mbuta Chicunho, Frei Manuel Sabino Anapaz Kassindula, Frei Miguel Armindo Caquarta, Frei Pio Cutopa Chongolola e Frei Valter Muhongo Quimbundo. Esta é a terceira turma a fazer a Primeira Profissão em Quibala.

A profissão religiosa na Ordem Franciscana, emitida nas mãos do Ministro Provincial, faz-se nos seguintes termos: “Para louvor e glória da Santíssima Trindade. Eu, Frei N.N. , tendo o Senhor me dado a graça de seguir mais de perto o Evangelho e os passos de nosso Senhor Jesus Cristo, em tuas mãos, com firme fé e vontade, faço voto a Deus, Pai santo e todo-poderoso, de viver por um ano, em obediência, sem nada de próprio e em castidade. Ao mesmo tempo, professo a vida e a regra dos Frades Menores, confirmada pelo Papa Honório, e prometo observá-la fielmente segundo as Constituições da Ordem dos Frades Menores. Entrego-me, pois, de todo o coração a esta Fraternidade, para que, pela ação eficaz do Espírito Santo, guiado pelo exemplo de Maria Imaculada, por intercessão de nosso Pai Francisco e de todos os santos, e com a ajuda fraterna de todos, eu possa tender constantemente para a perfeita caridade, no serviço a Deus, à Igreja e aos homens”.

No dia 28 de dezembro, Frei Caio Santos da Silva fez a Profissão Temporária na Ordem dos Frades Menores. Esse momento foi realizado durante a Celebração Eucarística presidida pelo Ministro Provincial Frei Paulo Roberto Pereira, às 19 horas, na Igreja São Francisco de Assis, em Rodeio, SC. Esta foi a 121ª profissão temporária do Noviciado de Rodeio. Na Ordem Franciscana, os votos simples da profissão temporária são renovados anualmente até o momento da profissão solene.

Os Professandos

Fonte: Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui