Religioso franciscano é vítima da covid-19 em São José do Rio Preto

367

A Diocese de São José do Rio Preto (SP) divulgou ontem, domingo (10/5), a morte do religioso franciscano Frei Bruno da Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, entidade religiosa com sede em Jaci (SP). Bruno é o nome religioso que Paulo Fernando de Campos Meneses recebeu na Fraternidade em 2018.

“A Diocese de São José do Rio Preto, com pesar e esperança, associada à Associação São Francisco de Assis na Providência de Deus, em Jaci, comunica o falecimento do noviço Bruno, na noite de hoje 09/05, vítima da covid-19. Rezemos pelo seu descanso eterno, pela sua família e pelos membros da Fraternidade, através do Frei Francisco”, explicou em nota Dom Tomé Ferreira da Silva, bispo da Diocese de Rio Preto.

Frei Bruno foi diagnosticado com o novo coronavírus em 23 de abril. No dia 27 ele foi transferido para o Hospital de Base, mas o estado de saúde piorou e ele precisou ir para a UTI, onde morreu neste sábado (9). Frei Bruno foi sepultado neste domingo.

“A Fraternidade lamenta o falecimento de um irmão. O nosso trabalho é sempre estar a serviço da vida. A Fraternidade segue o seu enfrentamento nesse momento de pandemia, acolhendo e cuidando dos mais necessitados”, disse em nota a Associação Lar São Francisco de Assis.

A Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus é uma entidade filantrópica cristã sem fins lucrativos dedicada a acolher, cuidar e servir àqueles que mais necessitam. Sua sede é localizada em Jaci, SP. Porém, sua atuação se estende pelos Estados de Goiás, Paraná, Ceará, Pará, Rio de Janeiro e São Paulo.

A Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus tem sede em Jaci (SP), mas está presente também em Goiás, Paraná, Ceará, Pará, Rio de Janeiro e São Paulo. O trabalho da Associação engloba a gestão hospitais gerais e específicos (para portadores de multideficiências e idosos em fase terminal); serviços de saúde como Ambulatórios Médicos de Especialidades, Pronto Socorro, Farmácia de Alto Custo, entre outros; albergue, casa abrigo para doentes em tratamento de saúde, restaurante popular; comunidades terapêuticas de recuperação; ambulatório para diagnóstico e tratamento de álcool e drogas e projetos educacionais ‘Semeando o Futuro’, que tem como objetivo prevenir o uso de drogas pelas crianças e adolescentes. Além disso, mantém uma missão em Porto Príncipe, Haiti, que desenvolve atendimentos de saúde, educação e nutrição.

A Associação administra dois hospitais desta Província Franciscana da Imaculada Conceição: Hospital da Universidade São Francisco de Assis (HUSF), em Bragança Paulista, e o Hospital da Venerável Ordem Terceira, no Rio de Janeiro.

Fundada por Frei Francisco – Padre Nélio Joel Angeli Belotti, a primeira obra da entidade foi a comunidade terapêutica para dependentes químicos Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, inaugurada no dia 4 de outubro de 1985, em Jaci, SP. O atendimento começou com apenas sete pacientes e uma equipe formada por voluntários. Em 30 anos, mais de 40 mil dependentes químicos foram atendidos nos ambulatórios espalhados pelo Estado de São Paulo. A maioria deles conseguiu se libertar do vício e se recolocar no convívio social.

Fonte: Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui