Tudo por causa de um grande amor…

447

“Confiante e alegre avance com fidelidade pelo caminho da bem-aventurança”.

Inspirada em Clara de Assis, irmã Fabiula Souza da Silva, celebrou no último dia 13 de fevereiro, o SIM Definitivo a Jesus que vive entre os pobres, na Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas. A celebração festiva se deu na comunidade São Paulo Apóstolo – Área Missionária São Lucas – AMSL, em Manaus /Amazonas.

Grande foi o empenho e a alegria de toda a comunidade para preparar e celebrar bem a Consagração da Fabiula, primeira Irmã Catequista Franciscana, cuja vocação foi despertada na Comunidade.

A celebração foi presidida por Dom Leonardo Ulrich Steiner e concelebrada por Padre Paulo Cesár, pároco da AMSL e padre Marco Antonio Cardoso da Silva, um dos animadores vocacionais da irmã Fabiula.

Representando todas as Irmãs Catequistas, marcaram presença as Irmãs: Maria Aparecida, pela coordenação provincial, Francis, Isabel do Rocio, Mayara e Juciele. Participaram também as irmãs Franciscanas de Nossa Senhora Aparecida e Irmãs do Imaculado Coração de Maria. Evitando a aglomeração devido a pandemia do Corona Vírus, cada comunidade da área missionária, enviou três representantes, para celebrar presencialmente, enquanto os demais participaram de forma virtual, pelas redes sociais.

Nossa gratidão a Irmã Fabiula por sua ousadia e disposição em se colocar a serviço do Reino de Deus pelo caminho das bem-aventuranças. Gratidão aos seus pais e familiares por doarem sua filha amada. Gratidão, à Área Missionária São Lucas por acolher o chamado de Deus na Fabiula, ajudar no discernimento e enviá-la em missão.

“Quando o coração arde os pés partem”.

Ao final da celebração da Consagração, Irmã Fabiula foi enviada para missão em Angola, na África. Jesus presente entre os mais pobres, lá na Mãe-África a esperam para compartilhar a vida, o evangelho, a missão.

Com preces e comunhão, acompanhemos a travessia transatlântica. Mamá Muxima, Amábile, Maria e Liduína a abençoe hoje e sempre.

Por: Irmãs Juciele Aguiar Moura e Mayara Arguello da Silva.

Fonte: CICAF

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui