Nota de Falecimento de Frei Beraldo Hanlon, OFM

207

“Quem canta o louvor, não apenas canta, mas louva também com alegria; quem canta o louvor, não somente canta, mas ainda ama aquele a quem canta. Constitui uma pregação o louvor de quem confessa, e o cântico de quem ama desperta a afeição” (Comentário aos Salmos, Santo Agostinho, Sl 72).

A Conferência da Família Franciscana do Brasil une-se aos irmãos da Província Santíssimo Nome de Jesus, rendendo graças a Deus pelo dom da vida de Frei Beraldo Hanlon, OFM (1934 – 2019).

Em sua peregrinação terrestre, de 11/08/1951 a 30/12/2019, Frei Beraldo dedicou sua vida em favor do Reino, como frade franciscano. Sacerdote, poeta, músico e compositor, no dia 30 de dezembro de 2019 acolheu, com seus versos e na vida, a Irmã Morte: “Bem vinda, irmã morte! Bem vinda, minha irmã! Louvado sejas, meu Senhor, por nossa irmã, a morte corporal. Da qual ninguém pode escapar, mas cujo abraço é um abraço pascal. […] Bendito sejas, Pai, pelo dia em que tua face veremos. Prepara-nos nos dias aqui para o dia tão feliz, quando em Cristo, chegaremos a Ti”.

Frei Beraldo Hanlon, foi um franciscano que ao longo de sua trajetória deu muita contribuição para a música sacra, sobretudo franciscana. Portanto, ajudou-nos a cantar o louvor e a louvar com alegria e, quem canta o louvor, não somente canta, mas ainda ama aquele a quem canta. Frei Zilmar Augusto M. Oliveira, OFM, em sua homenagem póstuma, ressalta que suas composições têm características muito próprias, “algumas levadas ao blues, outras ao marcha-rancho, sempre envolventes. Foi um compositor litúrgico e franciscano”.

Quantos de nós entoou com entusiasmo e alegria: “No meu sonho eu caminhava tão feliz…”, “Meu Deus e meu tudo, Tu és o Sumo bem…”, “Quem és Tu, Altíssimo Senhor…”, “Bem vinda, irmã, morte! Bem vinda minha irmã!”? Dentre tantos outros cantos, estes são da autoria de Frei Beraldo Hanlon.

Não podemos, portanto, deixar de reconhecer, destacar e agradecer a Deus por todo bem realizado através da vida de Frei Beraldo: uma existência em favor do Reino de Deus e marcada pelo dom da poesia, da música e da composição musical.

Deus seja louvado! Que junto a Cristo, ao lado de nossa Mãe Imaculada, de Francisco e Clara de Assis, ele interceda por nós, seus irmãos e irmãs da CFFB.

Aos irmãos da Província Santíssimo Nome de Jesus, nossas condolências e orações.

Ir. Cleusa Aparecida Neves, CFA
Presidenta da Conferência da Família Franciscana do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui