Este espaço contém as prioridades e recomendações decididas durante a XVIII Assembleia Geral Ordinária da CFFB realizada de 22 a 25 de agosto de 2019, em Brasília – DF.

Em elaboração.

Download

SENTIDO DE PERTENÇA

1. Promover o espírito de fraternidade e partilha solidária entre os irmãos/ãs da CFFB, através do diálogo e da comunicação;

2. Fortalecer os vínculos entre o Nacional, Regionais, Núcleos, Ordens, Congregações, Institutos Franciscanos, JUFRA, Movimentos e Serviços e na linha da espiritualidade francisclariana;

3. Incentivar a participação dos frades da I Ordem e TOR nas atividades da CFFB em nível local, regional e nacional.

IDENTIDADE, FORMAÇÃO E COMUNHÃO

1. Incentivar a presença feminina, leiga e religiosa, nos espaços de formação, visando a paridade de representação;

2. Oferecer formação franciscana para os formadores da CFFB, considerando a realidade das novas juventudes e da atual conjuntura, à luz da Palavra de Deus e das Fontes
Franciscanas e Clarianas;

3. Apoiar e divulgar as iniciativas das Universidades, Faculdades, Institutos e Centros de Espiritualidade Franciscana;

4. Fortalecer a formação de lideranças nos regionais, através de cursos de atualização no âmbito da Fé e Política, aprofundando a Identidade Franciscana.

ECOLOGIA INTEGRAL

1. Considerar a “Laudato Si” como principal subsidio de formação para a defesa da vida, o cuidado da Casa Comum, em vista de uma Ecologia Integral;

2. Ser presença ativa, profética e solidária diante das novas realidades sociais, especialmente nas questões relativas à mineração, aos migrantes, aos indígenas, quilombolas, ribeirinhos e vítimas de violência por questões de gênero;

3. Assumir as decisões do Sínodo Pan-Amazônico, incentivando experiências missionárias na Amazônia, intensificando o trabalho em Redes com a REPAM (Rede Eclesial Pan Amazônica), CIMI (Conselho Indigenista Missionário) e Entidades afins;

4. Apoiar e fortalecer o SINFRAJUPE (Serviço Interfranciscano de Justiça Paz e Ecologia) e os diversos organismos ligados à promoção da Justiça, Paz e Integridade da Criação.

RECOMENDAÇÕES

1. Continuar os Pronunciamentos Oficiais através de cartas, notas e manifestos sempre que a realidade socioeconômica e político-religiosa o exigir;

2. Realizar um Capítulo das Esteiras no quadriênio, por ocasião de alguma data comemorativa;

3. Acompanhar os Regionais que estão em processo de articulação;

4. Possibilitar a descentralização dos eventos nacionais da CFFB;

5. Continuar o aperfeiçoamento do Serviço de Comunicação (SERCOM);

6. Incentivar as Entidades Associadas a assumirem o compromisso da contribuição financeira anual à CFFB;

7. Promover um encontro de Formação para Jovens Religiosos Franciscanos (JORFRAN);

8. Enviar o Calendário da CFFB para os Regionais em tempo hábil;

9. Promover Encontro de Formadores nos Regionais;

10. Articular e estabelecer parcerias no âmbito da “Ecologia Integral” com os diversos organismos da Igreja CNBB, CRB, REPAM, CNLB e Pastorais Sociais;

11. Mudar a nomenclatura CERNEF para Revigoramento Franciscano;

12. Motivar os/as Superiores/as Maiores a incutir o conhecimento e senso de pertença à CFFB, a partir da formação inicial;

13. Incentivar a Assistência Espiritual à OFS e JUFRA por parte dos Frades da Primeira Ordem, TOR e das Irmãs Franciscanas;

14. Apoiar e divulgar o estudo e aplicação da Carta Apostólica do Papa Francisco sobre a Prevenção de Abusos de Menores e Vulneráveis nos diversos âmbitos da Igreja e da sociedade;

15. Criar um banco de dados de assessoras/es, a partir de um mapeamento realizado pelos Regionais da CFFB;

16. Organizar um Encontro com representantes dos Associados Leigos das Congregações pertencentes à CFFB.

Últimas Publicações