No início era CEFEPAL

A partir do Concílio Vaticano II, desencadeou-se um amplo processo ou movimento de renovação na vida religiosa. Na Ordem Franciscana, este movimento gerou iniciativas em diversos países. Seguindo o exemplo da Família Franciscana de alguns países europeus, os franciscanos da América Latina procuraram meios de colocar em prática a “volta às fontes” solicitada pela Igreja. Deste modo, nasceu, em 1965, o CEFEPAL (Centro de Estudos Franciscanos e Pastorais para a América Latina) no Chile. Em 1966, surgia também no Brasil o CEFEPAL que, no dizer de seus idealizadores, foi pensado para ser um movimento franciscano que unisse, em espírito de fraternidade, todos os franciscanos e franciscanas do Brasil, para promover a reflexão sobre o carisma e a missão franciscanos e para dar uma resposta aos desafios da Igreja latino-americana.

Hoje somos CFFB

A história, ao longo de 40 anos, exigiu um constante redimensionamento das finalidades e a criação de novos serviços que a sigla do CEFEPAL não conseguia abranger. De outro lado, esta sigla, ao ser usada para identificar o curso ou encontro anual de espiritualidade ou até mesmo a casa de encontros, já não indicava a totalidade daquilo que pretendia significar. Percebeu-se, então, que esta sigla não era mais condizente com a realidade, e que era, portanto, necessária uma reformulação que englobasse uma nova compreensão daquilo que o CEFEPAL se propunha ser e de suas finalidades e objetivos.

A Assembleia Geral de outubro de 1994 cuidou não apenas de repensar a nomenclatura, mas de tornar a estrutura mais ágil e simples. Deste modo, a FFB (Família Franciscana do Brasil) sucede ao CEFEPAL, significando o conjunto de todas as entidades associadas e os mais diversos serviços na linha da espiritualidade Francisclariana.
Com a mudança da Sede da FFB para Brasília, em 2008, o CENTRO FRANCISCANO deixou de ter sua razão de existir uma vez que toda a Programação Nacional foi descentralizada para atender às necessidades dos Regionais e foi criado, para substituí-lo a Secretaria de Coordenação Nacional que coordenará todas as atividades visando assegurar os objetivos da Entidade:

  • Desenvolver e incentivar a vivência e anúncio do Evangelho;
  • Promover a reflexão sobre a vida franciscana e seu carisma, bem como sua presença e atuação na Igreja e no mundo de hoje;
  • Estimular o conhecimento, a comunicação e a comunhão entre os diversos ramos e membros da Família Franciscana;
  • Prestar assistência espiritual franciscana aos seus membros e colaborar com entidades congêneres na linha dos ideais de Francisco e Clara de Assis;
  • Publicar e distribuir boletins, periódicos e livros que condensem os resultados de suas atividades, estudos e pesquisas;
  • Colocar-se a serviço da justiça, paz e ecologia, promovendo e valorizando a vida onde ela se encontra mais ameaçada.

Em 1994 a Assembleia Geral redimensionou as finalidades e a criação de novos serviços que a sigla CEFEPAL não conseguia abranger, por isso, criou uma nova nomenclatura: FFB (Família Franciscana do Brasil).

Significado da nova sigla: por considerar o convite de Francisco para a contemplação e respeito à natureza, foi agregado às letras, um pássaro e uma folha, no formato de um coração. O pássaro, voando para todos os recantos do Brasil, significa uma provocação à unidade em Jesus Cristo: “Pai, que todos sejam um, assim com nós também somos um” (Jo 17, 21). A folha, no bico e em forma de coração, simboliza o Centro da Espiritualidade Franciscana, que passa pelo coração, na acolhida, na misericórdia, na paz e no bem. Assim nasceu a logomarca da Família Franciscana do Brasil: FFB.

Com a implementação do Acordo Brasil e Santa Sé e a Lei que define as Organizações Religiosas e a sua organização interna e funcionamento, no Estado brasileiro, em 2015, a FFB, reunida em Assembleia, atualiza seu Estatuto com o objetivo de acrescentar à sua denominação a palavra Conferência, assumindo status de uma representatividade, de nível nacional. Diante desta nova realidade foi agregado à logomarca o C de conferência que, colocado no início, abraça a sigla anterior, simbolizando o assumir a história até aqui construída, bem como abertura às novas exigências e realidades.

A nível latino-americano

A CFFB não está isolada na realidade da América Latina. Em todos os países latino-americanos, existem Organizações ou Centros Franciscanos com os mesmos objetivos. Todas estas Organizações ou Centros da América Latina realizam uma Assembleia Geral de três em três anos e elegem uma Coordenação Geral para maior intercâmbio e integração dos diversos Centros, visando mais à animação da vida franciscana do que propriamente à estruturação jurídica.

A CFFB mantém uma Sede Nacional como órgão coordenador dos diversos serviços que promovem e executam as atividades aprovadas pelo Conselho Diretor. A Sede Nacional é dirigida por um Coordenador/a nomeado/a pelo Conselho Diretor que é responsável pela consecução e acompanhamento de todas as atividades ligadas a Sede.

ENDEREÇO DA SEDE NACIONAL

SCLRN 709 – Bloco “B” – Entrada 11
CEP: 70.750-512 – Brasília – DF
Caixa Postal: 6208 – CEP: 70.740-971 – Brasília – DF
Tel: (61) 3349.0157
coordenacao@cffb.org.br

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

De segunda à sexta-feira, das 08h às 12h e das 13h às 17h.

EQUIPE EXECUTIVA NACIONAL

Coordenação – Ir. Márcia Regina Munari, IFST
E-mail: coordenacao@cffb.org.br

Vendas – Ir. Necilene Ferreira da Silva, IMC
E-mail: vendas@cffb.org.br

Serviço de Comunicação – Francisca Mendes Pereira
E-mail: comunicacao@cffb.org.br
WhatsApp CFFB: (61) 99588-2781

Significado da logomarca

Em 1994 a Assembleia Geral redimensionou as finalidades e a criação de novos serviços que a sigla CEFEPAL não conseguia abranger, por isso, criou uma nova nomenclatura: FFB (Família Franciscana do Brasil).

Significado da nova sigla

Por considerar o convite de Francisco para a contemplação e respeito à natureza, foi agregado às letras, um pássaro e uma folha, no formato de um coração. O pássaro, voando para todos os recantos do Brasil, significa uma provocação à unidade em Jesus Cristo: “Pai, que todos sejam um, assim com nós também somos um” (Jo 17, 21). A folha, no bico e em forma de coração, simboliza o Centro da Espiritualidade Franciscana, que passa pelo coração, na acolhida, na misericórdia, na paz e no bem. Assim nasceu a logomarca da Família Franciscana do Brasil: FFB.

Com a implementação do Acordo Brasil e Santa Sé e a Lei que define as Organizações Religiosas e a sua organização interna e funcionamento, no Estado brasileiro, em 2015, a FFB, reunida em Assembleia, atualiza seu Estatuto com o objetivo de acrescentar à sua denominação a palavra Conferência, assumindo status de uma representatividade, de nível nacional.

Diante desta nova realidade foi agregado à logomarca o C de conferência que, colocado no início, abraça a sigla anterior, simbolizando o assumir a história até aqui construída, bem como abertura às novas exigências e realidades.

DIRETORA PRESIDENTE

Irmã Cleusa Aparecida Neves, FNSA 
Rua Praça do Centenário, 1221 – Bairro Farol – 57.051-140  Maceió – AL
CEL: 24 98162 1688 E-mail: irclefnsa@gmail.com
Vice-presidente: Frei Gilson Rogério Nunes – OFMConv.

Conselheiros

Frei Alex Assunção da Silva, OFM
Nivaldo Moreira da Silva, OFS
Irmã Rosa Maria Severino, IFS

Suplentes

Frei Marco Aurélio da Cruz, OFM
Irmã Ivoni Lourdes Fritzen

Conselho Fiscal

Ir. Luzia Pereira Nunes, FPCC
Frei Reinaldo dos Santos Pereira, OFMCap
José Pereira Filho, OFS

Suplentes

Ir. Maria Tânia Meneses Bulhões
Solange Luciano de Souza

Últimas Publicações