Celam: assembleia extraordinária aprova novo modelo de gestão administrativa

84

A assembleia extraordinária do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), realizada na terça e quarta-feira, dias 20 e 21 de julho, parcialmente em presença, em Cidade do México, e prevalentemente em modo virtual, aprovou a proposta de um novo modelo de gestão administrativa do órgão episcopal, em consonância com a nova estrutura pastoral aprovada em maio passado pelos bispos do Continente.

Colocar em prática o ser Igreja em saída missionária

“Após a celebração da trigésima oitava assembleia geral, na qual foi aprovada a proposta de renovação e reestruturação do Celam, esta assembleia extraordinária nos permite dar mais um passo no caminho que tomamos para cumprir o mandato que recebemos na assembleia de Tegucigalpa, em 2019”, afirmou o arcebispo de Trujillo, no Peru, e presidente do Celam, dom Miguel Cabrejos Vidarte, falando da capital mexicana, onde alguns membros da Presidência e da Secretaria Geral estiveram presentes.

O novo modelo de gestão administrativa visa o uso correto dos recursos e o impacto social como instrumento para colocar em prática o ser Igreja em estado permanente de saída missionária.

Aval dos representantes das 22 Conferências episcopais

“Desta forma, espera-se que este modelo produza frutos abundantes entre o povo de Deus, numa perspectiva de corresponsabilidade e compromisso, com renovado impulso evangelizador, vez que a gestão administrativa deve estar a serviço da nova estrutura pastoral”, destacou o presidente do Celam.

Com o aval recebido dos representantes das 22 Conferências episcopais do Continente, a maioria dos quais aprovou o novo modelo de gestão administrativa, serão feitos progressos no processo de profissionalização da organização latino-americana e do Caribe, em colaboração com as Conferências episcopais, dando continuidade ao plano de sustentabilidade do Celam, sempre em comunhão com o Papa Francisco e de acordo com as diretrizes da Santa Sé.

Fonte: Vatican News

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui