Crise climática: para o Papa, uma oportunidade

22
Um dos indígenas brasileiros recebidos pelo Papa Foto: Vatican Media

De crise a oportunidade: assim o Papa Francisco saudou os membros do Movimento Laudato si’, que esta semana estiveram no Vaticano. Na delegação recebida por Francisco, estavam presentes também dois indígenas brasileiros.

Ao final do Angelus deste domingo, o Pontífice agradeceu o trabalho que o Movimento realiza em prol da casa comum e recordou o Dia Mundial de Oração pela Criação, em 1º de setembro próximo.

“O clamor da Terra e o clamor dos pobres estão se tornando sempre mais graves e alarmantes.”

Estes gritos, prosseguiu, requerem uma ação decisiva, “para transformar esta crise em oportunidade”.

Renovando o Oikos de Deus

O Dia Mundial de Oração pela Criação abre o chamado “Tempo da Criação”.

Todos os anos, de 1º de setembro a 4 de outubro, a família cristã se une para esta celebração mundial de oração e ação pela proteção da nossa casa comum. Neste ano de 2021, o tema é “Uma casa para todos? Renovando o Oikos de Deus”.

“Esperamos trabalhar juntos para desenvolver um horizonte bíblico e cosmológico mais amplo, não apenas para sermos edificados pelos próprios textos, mas para desenvolver uma nova maneira de ver as Escrituras, a vida e a Terra, tudo no Oikos de Deus, e reconhecer a sabedoria de incontáveis irmãs e irmãos ajudando a todos a renovar nosso mundo como uma amada comunidade global interligada e interdependente”, lê-se no guia que pode ser consultado aqui.

O Tempo da Criação teve início em 1989 com o reconhecimento do Dia de Oração pela Criação por parte do Patriarcado Ecumênico, sendo hoje adotado pela comunidade ecumênica mais ampla.

Fonte: Vatican News

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui