Fórum Franciscano para o Sínodo Pan-Amazônico – Carta Compromisso

218

“Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a mãe terra, que nos sustenta e
governa e produz variados frutos com flores coloridas e verduras”. Esta irmã clama contra
o mal que lhe provocamos por causa do uso irresponsável e do abuso dos bens que Deus
nela colocou. (Laudato Sí 1-2)

Querido Papa Francisco!
Queridas Irmãs e Irmãos da Família Franciscana do Brasil!

Somos gratos pela convocação do Sínodo para a Pan-Amazônia e oferecemos nosso apoio fraterno e integral, afirmando como Igreja que a Família Franciscana do Brasil trabalha em comunhão e unidade no cuidado da casa comum.

Após escuta das vozes da Amazônia, e querendo contribuir no aprofundamento da temática sinodal à luz da espiritualidade franciscana, a Conferência da Família Franciscana do Brasil realizou um Fórum com a participação de 160 irmãs e irmãos das ordens, congregações franciscanas e JUFRA – Juventude Franciscana. Ouvimos os gritos dos povos originários, indígenas e quilombolas e todos os amazônidas que denunciam a devastação das florestas, a poluição das águas, a desvalorização da vida e o preconceito em relação às culturas nativas. Ouvimos o anúncio de uma terra sagrada e abundante de graça e beleza que brota vida para a existência de toda humanidade, tecida e interligada por cores, cheiros, sabores e saberes ancestrais.
Como Família Franciscana alimentamos em nós o que é conatural ao nosso carisma e assim nos comprometemos:
● Apoiar o Papa Francisco em todo o processo do Sínodo Pan-Amazônico e a somar forças na defesa e cuidado da vida, em busca de novos caminhos para a Igreja e para uma  ecologia integral;
● Divulgar, por meio de nossas redes de comunicação, os processos do Sínodo e as ações franciscanas nessa região, provocando toda sociedade à amazonizar-se;
● Proporcionar experiência missionária na Amazônia que favoreça a proximidade e convivência com os povos originários e o aprofundamento da mística amazônica, a exemplo da Experiência Assis;
● Intensificar o trabalho em redes, nos articulando com a REPAM – Rede Eclesial Pan-Amazônica, CIMI – Conselho Indigenista Missionário e Entidades afinadas nesse trabalho para uma presença franciscana mais profética, sinal de esperança.

Faça o download da Carta Compromisso abaixo:

CARTA COMPROMISSO FÓRUM

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui