Frades Conventuais iniciam Capítulo Provincial nesta segunda

81

De 20 a 24 de setembro, na casa de Retiros São Francisco de Assis, em Campo Largo (PR), acontecerá a primeira fase do XII Capítulo Provincial ordinário da Província São Francisco de Assis, da Ordem dos Frades Menores Conventuais (OFMConv). Este grande momento da Província tem caráter eletivo, onde é renovado o seu governo provincial.

É esperado para este momento a participação de 47 frades, entre eles Frei Rogério Xavier (assistente geral da Federação dos Conventuais da América Latina-FALC), que presidirá às sessões, e três freis convidados: Frei Clevis Mafra dos Santos (MA), Frei Ronaldo Gomes da Silva (RJ) e Frei Gilberto de Jesus Rodrigues (DF).

A pedido da vigilância sanitária da cidade de Campo Largo e para segurança dos participantes, todos, frades vogais, empregados da casa de retiros, assessor de comunicação e convidados, são obrigados a apresentar o teste RT-PCR negativo e a carteirinha de vacinação com, ao menos, a primeira dose da vacina tomada.

O Capítulo terá início no dia 20 de setembro, às 18h, com a Celebração presidida pelo Ministro Provincial Frei Aloísio de Oliveira. Logo após, como de costume, os frades se reunirão na sala capitular para aprovação dos ofícios e programação do Capitulo.

O tema escolhido para inspirar este capítulo, é a Regra de vida dos Frades Menores, deixada por São Francisco de Assis: “Regra e a Vida destes irmãos é esta: viver em obediência, em castidade e sem nada de próprio e seguir a doutrina e as pegadas de Nosso Senhor Jesus Cristo” (RNB 1,1)

O Capítulo Provincial

Na Ordem Franciscana existem três Capítulos: o Geral, Provincial e o Local, cada um com suas devidas características. Foram criadas no tempo de São Francisco de Assis com o objetivo de promover a fraternidade entre os frades.

O Capítulo Provincial Ordinário é um momento de fraternidade, avaliação e decisão. Nestes dias, os frades se reúnem, discutem sobre os últimos quatro anos provinciais, fazem as suas avaliações de cada comissão e pastoral onde os freis atuam e planejam o próximo quadriênio. É um momento que exige tempo e dedicação, por isso é dividido em duas fases:

A primeira fase fica reservada para as avaliações e eleição do novo governo provincial, os frades votam para eleger o Ministro Provincial, O frade que servirá como pastor e coordenador para toda a Província, também elegem os definidores que auxiliarão o Ministro Provincial nesta missão e o ecônomo, responsável pela administração econômica da Província.

A segunda fase é reservada para decisão das moções, diretrizes que a Província seguirá nos próximos quatro anos. Está acontecerá em janeiro, de 17 a 21.


Por Daniel Bandeira

Fonte: Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui