Frei José celebra primeira Missa no Mosteiro das Clarissas

350

Devido às restrições impostas pelo Ministério da Saúde por conta da pandemia, a primeira Missa de Frei José Morais Cambolo, que estava prevista para a Paróquia de São José Operário, no município do Cazenga, foi celebrada hoje, 19 de julho, no Mosteiro do Sagrado Coração de Jesus das Irmãs Clarissas, no Palanca/Kilamba-Kiaxi, na capital Luanda, onde Frei José foi ordenado presbítero ontem (18/7).

A Missa teve início pelas 9h30 e foi concelebrada por Frei António Boaventura Zovo Baza, presidente da Fundação Imaculada Mãe de Deus de Angola (FIMDA); Frei João Baptista Canjenjenga, guardião cessante da Fraternidade Franciscana São Francisco de Assis; Frei Laurindo Lauro da Silva Júnior, guardião da Fraternidade Nossa Senhora da Porciúncula, em Viana; Frei Juliano Chimbily, mestre dos professos temporários dos Frades Menores Capuchinhos; e Frei João Alberto Bunga, mestre dos professos temporários da FIMDA.

Os diversos ministérios foram animados pelas Irmãs Pobres de Santa Clara. Além dos Frades e das Irmãs Clarissas, a celebração contou com a presença do sr. José Cambolo e de várias congregações religiosas, circunscritas na região paroquial de São Lucas e Nossa Senhora de Fátima, e dos Frades Menores Capuchinhos. Todos respeitando as regras de distanciamento no interior da igreja.

Após o rito inicial, a abadessa do mosteiro, Madre Maria Anuarite do Espírito Santo, fez uma intervenção dizendo que, para o Mosteiro, era motivo de muita alegria acolher todos os nossos irmãos nesta primeira Missa. “Jamais passou pela nossa mente que a ordenação sacerdotal e a primeira Missa seriam aqui”, disse. “Tudo isso é dom de Deus porque fomos agraciadas pelo próprio Senhor”, disse.

O Santo Evangelho foi proclamado pelo Frei Juliano Chimbily, e as leituras foram do 16º Domingo do Tempo Comum. Como é tradição na Província, e agora começa a ser na Fundação, para a primeira Missa, o neo-sacerdote escolhe um frade para fazer a primeira pregação. Frei António Baza foi escolhido e, na sua homilia, disse que era um dia importante tanto para a Família Franciscana quanto para a Igreja. Segundo o pregador, fazendo uma analogia, disse que o carro precisa de manutenção constante e religioso precisa também da “manutenção que é a oração”. O presidente da FIMDA também fez uma incursão na caminhada vocacional do presidente da Eucaristia.

Frei António pediu ao recém-ordenado paciência e prudência no ministério que começa. “Ao assumir o múnus sacerdotal, saiba que viverás momentos de alegria e de tristezas, mas em tudo confia no Senhor e reza sempre; refugia-te no Senhor! A prudência e a paciência sejam tuas companheiras!”, orientou.

Durante o ofertório, as Irmãs trouxeram, em procissão e dançando, o cálice e as galhetas para as mãos do sacerdote, que se dirigiu à janela do claustro. “A palavra de Deus, semeada nos corações, faz nascer o homem e a mulher nova. É preciso que essa semente caia em nós, fazendo brotar sentimentos do Reino dos Céus e vá moldando a nossa maneira de pensar, agir e de querer. Precisamos ser moldados pela Palavra, que é lançada em nosso coração”, rezou.

Antes da bênção final, as Irmãs Clarissas teceram algumas palavras de gratidão na voz de Irmã Bakhita Maria das Chagas de Jesus Crucificado, que falou em português e em kimbundo. Manifestaram a sua alegria com danças e palmas. “Frei Cambolo é um homem grande de estatura, mas esse nome significa pão pequeno. Hoje, tornou-se kimbolo, que quer dizer pão grande”, explicou a Irmã. Ao terminar, agradeceu aos familiares, representados pelo pai, aos Frades Menores, Capuchinhos e as demais congregações femininas.

Frei António informou que neo-ordenado ´residirá na Fraternidade São Francisco de Assis, onde exercerá o serviço de guardião.

No final, Frei José reiterou novamente seu agradecimento à Província Imaculada Conceição do Brasil e à presença dos religiosos e religiosas.


Equipe: Frei Evaristo Seque Joaquim e Frei Abel Ndala Sahuma Nganji (texto) e Frei Eduardo Camunha(fotos).

Fonte: Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui