Gratidão e paz! Revigoramento Franciscano

60

A quarta semana do Revigoramento Franciscano foi reservada para o retiro espiritual assessorado pela Irmã Salete Veronica Dal’Mago, CIFA, com o tema: “Itinerário da mente para Deus, segundo São Boaventura”.

Retiro é tempo de recolher e recolher-se para acolher o dom de Deus que está presente e atuante em todo mundo criado. A espiritualidade que cada pessoa cultiva determina suas relações com toda criação. Em tudo Deus deixa os seus vestígios, cabe a cada um(a) disciplinar a mente para contemplar com limpidez a sua obra, pois a maior prova do amor de Deus para conosco está na pessoa de Jesus Cristo: presépio, eucaristia e cruz.

Para tudo neste mundo há um tempo. Tempo para chegar, tempo para partir, tempo para recolher, tempo para espalhar… a última semana do Revigoramento foi o tempo de recolher. Recolher e apesentar a Deus todas as bênçãos recebidas neste tempo de graça: as alegrias, aprendizagens, fraternidade, o carinho e cuidado dos organizadores, o respeito, a dignidade e a competência das assessorias ao abordar os temas propostos.

Há o tempo de gratidão. Agradecer aos Superiores Gerais, Provinciais, Regionais, aos irmãos e irmãs que permaneceram nas comunidades e possibilitaram este mês de convivência fraterna e aprendizagem com irmãos e irmãs de diversas congregações, os frades do Seminário Santo Antônio e toda equipe.

Há ainda o tempo da permanência e da paz. Permanecer na responsabilidade de viver como irmãos e irmãs, filhos de Francisco e Clara e seguir seus passos até chegar a estatura plena de Cristo (Ef.4-13). E o tempo da paz sonhada, desejada, vivida e experimentada nos pequeno sinais de vida que pipocam ao nosso redor. A paz que irmana os diferentes!

O Príncipe da paz dorme na estrebaria de nosso coração, partilha do pão de nossa mesa e caminha nas nossas estradas (navega nos nossos barcos). Ao caminhar conosco ele dá num novo sentido à nossa dor, consistência à nossa alegria, razão à nossa esperança. É o tempo daquela paz que faz o coração arder!

Inicia agora o tempo da saudade e da Esperança. Saudades da convivência humana e fraterna que se firmou entre os irmãos e irmãs participantes deste encontro. Esperança de ao voltar às nossas comunidades, à nossa cotidianidade como pessoas renovadas. Gente nova para um Mundo Novo! “Eis que faço nova todas as coisas”(Ap. 21,5).

Irmã Rita Saturno
Congregação das Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição

Irmã Maria da Cruz de Oliveira
Irmãs Missionárias Capuchinhas de São Francisco de Assis

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui