Jovens Franciscanos encerram 8ª edição das Missões da Juventude com o compromisso de serem portadores da esperança!

39

Tema: “Saúde mental e integral” e lema “Onde Houver desespero que eu leve a
esperança”, jovens estiveram em Missão na cidade.

Pato Branco (PR) – No último domingo (28/01), os jovens franciscanos realizaram uma Caminhada Franciscana no encerramento das Missões Franciscanas da Juventude, em Pato Branco (PR). O percurso teve início às 8h com saída do Centro de Formação Frei Policarpo, onde os jovens seguiram até a igreja Matriz São Pedro Apóstolo, no centro da cidade. Freis, Irmãs e a equipe organizadora acompanharam o trajeto marcado por muita alegria, oração e descontração.

Nas escadarias, em frente à igreja, realizou-se a foto oficial dos missionários. A Santa Missa foi presidida por Frei Augusto Luiz Gabriel, que iniciou saudando a todos presentes, os jovens missionários e quem acompanhava pelas redes sociais da Paróquia no Youtube e Facebook.

Em sua homilia, Frei Augusto ressaltou a importância de uma missão e quanto é gratificante esses dias com os jovens. “Irmãos e irmãs, estimados confrades, queridos jovens, missionários (as) da esperança, saudação franciscana de Paz e Bem! Neste 4º Domingo do Tempo Comum, último dia de nossa Missão Franciscana da Juventude, nos reunimos nesta Igreja que é a sede de nosso evento. Essa Igreja que ilustra nossas camisetas com sua torre, com sua cor, que identifica todo o nosso kit com sua beleza e imponência. Hoje nos reunimos aqui neste templo para nos encontrar com Aquele que primeiro nos encontrou: Jesus de Nazaré. Este é um lugar sagrado, de muita história, de muita fé, da vivência de muitos sacramentos. E hoje, nós nos reunimos aqui porque também fomos chamados, escolhidos e enviados. E hoje também nós, registramos na história da Paróquia São Pedro Apóstolo e das Missões Franciscanas da Juventude mais um capítulo importante e necessário”, disse o frade.

O presbítero destacou a importância do tema para os jovens nos dias de hoje. “Capítulo importante e necessário, pois, precisamos falar, refletir e insistir com vocês jovens, que vocês são sim portadores de esperança, de Paz e de Bem! Por isso, onde quer que haja desespero que vocês possam ser os primeiros a levar a esperança. Aquela esperança que acolhe, que congrega, que é compreensiva, aquela esperança verdadeira que converte os corações, que faz com que repensemos nossas atitudes, nossos valores”.

Encerrando sua reflexão, o frade destaca a presença jovem na igreja, e também que a missão não termina neste domingo, mas ela segue pelas comunidades e locais onde cada um está presente. “Nesta missão, estimados jovens, vocês foram convidados a responder e a também descobrir quem é este Jesus que cura, que expulsa os demônios, que perdoa, que nos reúne hoje nesta manhã. Que Jesus nos abençoe e nos ilumine e nos de força em nosso peregrinar. Jovens, a missão não acaba aqui. Ela continua no chão da realidade de cada um de vocês. Por isso, sejam perseverantes, firmes e convictos de que a missão de vocês é uma extensão da grande missão de Jesus de Nazaré que os quer por inteiros, íntegros e saudáveis para todos vocês possam nutrir a esperança de um amanhã mais justo, fraterno e feliz. Por intercessão de São Francisco de Assis, que o Senhor vos abençoe hoje e sempre”, afirma Frei Augusto.

Frei Gustavo Medella, Vigário Provincial da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, saudou a todos presentes e transmitiu a mensagem do Ministro Provincial Frei Paulo Roberto Pereira. “Tenho certeza de que os dias vividos aí em Pato Branco estão deixando marcas incanceláveis no coração de vocês. Os momentos de prece, formação, diálogo, as brincadeiras, a acolhida nas comunidades, a disposição em ir ao encontro do outro, os apertos e dificuldades, enfim, cada experiência que o Senhor proporcionou com certeza faz com que vocês se despeçam da Pato Branco pessoas melhores do que quando chegaram. Tudo pela graça e generosidade de Deus. minha gratidão a cada um de vocês, aos idealizadores, organizadores e voluntários desta 8ª edição das missões, quero recordar que vocês saem desta experiência carregados de frutos e sementes”.

Após a celebração, os jovens fizeram um pequeno lanche e retornaram a casa de formação onde puderam ouvir o depoimento de Mariana Bertoldi, jovem missionária de Xaxim (SC), que conta como se aproximou da igreja e do grupo de jovens.

“Motivada pelo convite do professor William Assis, que faz parte do grupo de jovens de Xaxim, ouvindo no rádio o convite, e apoiada pela minha mãe me inscrevi nos 45 do segundo tempo, no dia 09 de dezembro. Acredito que foi o propósito, eu não sabia qual era o meu até ontem. Eu fui na Comunidade São José Operário, em que o Frei Augusto presidiu a missa, e desde que cheguei fui muito bem acolhida, uma Comunidade incrível. A partir do momento que a gente saiu em missão foi algo rejuvenescedor.

Desde a quinta-feira eu tenho enfrentado os meus lobos, e sei também cada pessoa tem os seus. Eu achava que não merecia estar aqui. E o lema é “onde houver desespero que eu leve a esperança”, mas quem estava desesperada era eu. No entanto, não fui eu que levei a esperança, foi vocês que levaram para mim. Eu agradeço. E acredito que, só levamos a esperança quando encontramos ela”, afirma Mariana.

O encerramento foi marcado pela divulgação do próximo evento da Província Franciscana e será uma Caminhada Franciscana da Juventude a ser realizada na cidade de Sorocaba (SP), entre os dias 20 e 21 de julho de 2024. Local em que há presença franciscana há 90 anos.

SAÚDE MENTAL E INTEGRAL, TEMA DO EVENTO

As Missões Franciscanas da Juventude iniciaram na quinta-feira (25). Jovens dos estados de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Paraná estiveram reunidos para viverem momentos de fé, formação e compartilhamento de experiências. A abertura oficial aconteceu com os jovens presentes na capela do centro de eventos. Em seguida, os jovens estiveram reunidos para apresentação no salão principal e juntos cantaram, dançaram e foram bem acolhidos. No início da tarde, a palestra sobre “Saúde Mental e Integral” com a palestrante Dhawyane Rodighiero e oficinas motivou os jovens a refletirem sobre essa realidade. O encerramento do dia foi marcado por um momento marcante de oração, mística e adoração ao Santíssimo Sacramento.

Na sexta-feira (26), a manhã iniciou com momento de oração em grupos, que foram  previamente divididos por comunidades do interior e da cidade. Momento de formação e explicação de como é uma missão e as instruções para os jovens missionários. Às 17h, celebração da Santa Missa de envio com a presença de Dom Edgar Xavier, bispo da diocese de Palmas e Francisco Beltrão. No início da noite, os jovens foram para as comunidades com as famílias acolhedoras.

Já no sábado (27), os jovens realizaram atividades nas comunidades de missão com bênção nas casas e comércios, visita aos doentes, casas de acolhimento, catequese. Às 19h30, realizou-se a Santa Missa em todas as comunidades com os missionários animando a liturgia, preces, cantos e o agradecimento pela acolhida.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui