Marmita da Teresa alimenta moradores em situação de rua em Goiânia

156

“Procuramos olhar com carinho, conversar, gestos tão pequenos, mas tão humanos, importantes.” Fernando Costa.

Do sonho do casal Fernando Costa e Mariana Braha surgiu em Goiânia, no Estado de Goiás, um grande projeto “Marmitas da Teresa”, que aos poucos recebeu um grupo de mais de 20 pessoas que resolveram sonhar juntos e levar aos moradores em situação de rua um pouco de amor expresso no alimento e no cuidado. Acolher, conversar e expressar em gestos simples o exemplo da Santa Madre Teresa de Calcutá.

“Marmitas da Teresa se formou com o intuito de ajudar as pessoas que precisam, de toda a forma possível. Assim levamos o alimento, kits de higiene, roupas, cobertores, água, cestas básicas e todo o tipo de doação que recebemos, principalmente para os moradores em situação de rua, mas também pessoas que nos procuram ou que nos indicam alguma necessidade”, relata Fernando.

O projeto nasceu em 2020 no meio da pandemia e o sonho da necessidade de ajudar e fazer do mundo um lugar melhor as pessoas que sofrem e nesse momento conheceram o padre Júlio Lancelotti através das missas celebradas através das redes sociais. Ele serviu de inspiração ao grupo que aos poucos se reuniu para a iniciativa de servir aqueles esquecidos pela sociedade, invisíveis, mas que estavam sofrendo.

“Hoje nosso grupo reúne 20 pessoas, que a cada 15 dias distribuímos uma média de 80 a 100 marmitas com os moradores em situação de rua. Sonhamos em poder aumentar esse número e poder realizar essa missão mais vezes na semana. Mas seguimos a inspiração na frase de Madre Teresa, que nos exorta: se não pudermos alimentar 100 pessoas, alimentemos pelo menos uma, e nas palavras inspiradoras de padre Júlio, que nos ensina que todos podemos fazer um pouco pelos moradores em situação de rua. E levamos além das nossas orações procuramos olhar com carinho, acolher, conversar, gestos tão pequenos, mas tão humanos e tão importantes”, conclui Fernando.

Fonte: Vatican News

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui