Noviços participam de Semana Intensiva de Formação sobre Eclesiologia do Papa Francisco

35

Os noviços participaram entre os dias 06 e 11 de abril de uma semana intensiva de formação com Dom Frei Cleonir Paulo Dalbosco, Bispo Diocesano de Bagé/RS. Na oportunidade foram trabalhados diversos temas, tendo como central as Contribuições do Papa Francisco para a Vida Religiosa Consagrada nestes oito anos de Pontificado.

Temas como a Eclesiologia do Papa Francisco, a importância da identidade e pertença; reflexões sobre a Carta Apostólica Patris Corde (Como coração de Pai); a Fratelli Tutti; Vida fraterna a partir de Jesus, Clara e Francisco e a Espiritualidade no processo formativo foram abordados. Para ajudar na formação foram estudados diversos artigos que proporcionaram partilhas e debates. O encontro também contou alguns dias com a presença do Governo Provincial, os Freis Nilmar Gatto Ministro Provincial, Evaldo de Freitas Vigário Provincial e Mestre de Noviços, Claudelino Brustolin, IrineuTrentin e Volmir Warken além da presença do vice mestre da etapa formativa o frei Laércio D. da Luz.

Segundo o noviço Frei Matheus Fernandes da Silva diz que: “O Papa Francisco leva o nome de nosso Fundador Francisco de Assis, eles têm muita coisa em comum, por isso estudar a Eclesiologia e os documentos do Papa Francisco e ver seu testemunho de vida, enche nossa caminhada de fé e esperança na construção de outro mundo possível. É fundamental nesta caminhada de noviciado se apropriar daquilo que é parte da nossa vida, por isso foi uma formação com muita riqueza de partilha destes anos do Papa Francisco que tem uma vida doada em construir a paz, a unidade e a presença da Igreja no mundo, sobretudo com os que mais precisam”.

Ainda o assessor disse: “Um convite fraterno é difícil de ser recusado. Com o propósito de conviver e assessorar uns dias de formação para os Noviços Capuchinhos, na casa de Encontros Rosa do Mar, reservei alguns dias na agenda. Foram dias abençoados, além do tema trabalhado, ‘Eclesiologia de Francisco’, aproveitamos para conviver, dialogar e partilhar experiências. Avida fraterna é uma “experiência divina, nos faz muito bem”. Obrigado pela oportunidade de manter viva a ‘chama Franciscana Capuchinha’. Sempre juntos…”

Outro noviço, Frei Samson Joseph Visene, relata que: “Confesso que fiquei encantado e agraciado por ter participado da formação com Dom Fre iCleonir sobre a Eclesiologia do Papa Francisco. Foi fantástico e fiquei contagiado. Essa formação me ajuda a compreender a minha identidade como cristão e futuro religioso capuchinho, me ajuda a compreender o compromisso da nossa Igreja com os últimos, na construção de um mundo de paz e justiça. Enfim, essa formação me ajuda a ter os pés no chão para abraçar meu processo de formação evocação com mais vigor e coragem”.

Com a certeza que Deus abençoou este momento formativo e vivencial pela intercessão de São Francisco e Santa Clara, Venerável Frei Salvador.

‍Frei Vandrigo Zacchi

Fonte: Conferência dos Capuchinhos do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui