Pároco de Aleppo lança livro sobre recomeço na cidade

380

Recomeços a partir da fé e esperança. A Síria tem sido assolada desde 2011 pela guerra e mortes inclusive de civis. Entretanto, os primeiros passos de uma nova história podem ser percebidos. Foi o que contou Frei Ibrahim Alsabagh no livro “Vem o amanhecer” sobre a cidade de Aleppo. Com o cessar fogo na cidade, em 2016, o religioso viu nascer uma nova história.

Fr. IBRAHIM ALSABAGH, ofm
Pároquia São Francisco – Aleppo
“Com este contato cotidiano, com este respiro único no sofrimento, nos unimos sempre com a caridade de uma mãe a dar resposta às necessidades primárias do povo. Compreender a necessidade e, imediatamente, responder a estas necessidades sem demoras.”

Frei Ibrahin é franciscano e vive, desde 2014, em Aleppo. Nasceu na Síria, num tempo em que era conhecida pelo convívio entre as religiões. De volta ao país, viu seus conterrâneos perderem tudo. Como pároco em Aleppo asssitiu à cidade ser destruída por mísseis. A apresentação do livro aconteceu em Roma, no último dia 31 de maio, quando relatou que, por um tempo, as pessoas não acreditavam no fim dos mísseis em Aleppo e, sem saber por onde começar a reconstruir a cidade, o povo precisou – e ainda precisa – de um grande incentivo.

Fr. IBRAHIM ALSABAGH, ofm
Pároquia São Francisco – Aleppo
“É inútil falar de reconstrução de casas, de economia, de trabalho, sem falar do recomeço do coração das pessoas e sem pensar em como curar o coração. Só um coração curado e livre, como disse Papa Francisco, pode sentir-se responsável e poderá dar o melhor. Por isso que devemos iniciar sempre com o coração, com a sua conversão, com a cura de tantos corações, para falar de uma verdadeira reconstrução da sociedade e de todo o país.”

Aleppo é uma das cidades mais antigas do mundo. Depois de anos de guerra, o que resta são prédios destruídos, empresas e escolas desativadas. Milhares de habitantes já deixaram a cidade e quem ficou ainda enfrenta a dificuldade de sustentar a família. Frei Ibrahim ressaltou que, em meio a essa luta, para falar de esperança é preciso concretizá-la. Deste modo, os franciscanos, junto com outras instituições da Igreja, atuam neste processo de reconstrução. São sinais visíveis de que Aleppo tem um futuro.

Fr. IBRAHIM ALSABAGH, ofm
Pároquia São Francisco – Aleppo
“Sempre existirá esperança. A esperança é o ponto firme, especialmente para nós cristãos. Não é permitido a ninguém desesperar-se. Não é permitido a ninguém, mesmo com uma realidade muito dura e difícil, não guardar a fé de que o futuro pode ser sim muito melhor.”

Uma situação que está também no coração do Papa Francisco. O pároco de Aleppo se encontrou com o papa e relatou que o pontífice reza sempre pela paz no país. Ao longo de seu pontificado, inúmeras vezes já pediu orações de fiéis de todo o mundo pelo fim do conflito na Síria, além de uma negociação pacífica por parte da comunidade internacional. O amor do Santo Padre com o povo do Oriente Médio deu a Frei Ibrahim mais impulso para voltar e participar desse processo de recomeço.

 

Fonte: https://www.cmc-terrasanta.org/pt/video/atualidade-e-eventos-1/paroco-de-aleppo-lanca-livro-sobre-recomeco-na-cidade-15076.html

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui