Primeiro encontro da rede de comunicadores franciscanos

212

Primeiro encontro da rede de comunicadores franciscanos

No dia 21 de junho foi realizado o primeiro encontro via Zoom da rede de comunicadores franciscanos, que envolveu mais de 40 participantes, religiosos e leigos, de 27 entidades OFM de todo o mundo.

“Uma nova filosofia de comunicação”

No dia 21 de junho foi realizado o primeiro encontro via Zoom da rede de comunicadores franciscanos, que envolveu mais de 40 participantes, religiosos e leigos, de 27 entidades OFM de todo o mundo.
O evento, organizado e promovido pela Assessoria de Comunicação da Cúria Geral, foi o primeiro passo para a formação de uma rede envolvendo os operadores de comunicação de todas as entidades da OFM. Os objetivos são muitos: em primeiro lugar, conhecer-se e relacionar-se, para depois desenvolver estratégias que tornem a Ordem mais presente no campo da comunicação, para ser mais eficaz na missão evangelizadora e levar mais facilmente a mensagem franciscana em todo o mundo.

O encontro começou com a saudação do Ministro geral, Fr. Massimo Fusarelli. Aqui está um trecho:

“Agradeço ao atual diretor do Departamento de Comunicação, Fr. Evodio João, seu sucessor desde 1º de setembro, Fr. Byron Chamann, e seus colaboradores, porque nos últimos dois anos aprendemos juntos, também como Definitório geral, uma nova e diferente filosofia da comunicação.
Primeiro, entendemos que a comunicação não é de cima para baixo; “Comunicação em rede” significa que todos devemos estar mais atentos ao que se passa na periferia, para que o chamado “centro” possa recolher e adiar, dar a conhecer o que se passa.
Queremos melhorar a forma como transmitimos São Francisco, a nossa família e a nossa Ordem: não uma imagem falsa, mas uma realidade concreta, quem somos, quem queremos ser e como queremos ser nestes anos 20 do século XXI.
Este encontro pretende ser o primeiro passo neste longo processo, que trará muitos frutos, tenho certeza. Precisamos dessa rede de comunicadores para compartilhar informações, dar notícias, aumentar a reflexão e a forma de comunicar. Gostaríamos de receber de vocês, das Províncias e das diversas realidades da Ordem, informações, sugestões, provocações: ouvir desde o local e raciocinar em nível global e internacional.
São Francisco foi um grande comunicador de seu tempo, porque soube transmitir e fazer compreender a todos, partindo do mais simples, uma nova forma de ler e compreender o Evangelho. Ele apresentou uma maneira completamente nova de viver a vida religiosa, por isso atraiu muitos e foi imediatamente compreendido pelo mundo.
Francisco comunicou bem porque teve uma vida para comunicar, para fazer ouvir, para transmitir: também nós não queremos comunicar apenas ideias ou imagens, mas uma vida real, e espero que o desafio de comunicar melhor nos leve a viver verdadeiramente o Evangelho como irmãos, neste tempo entre os pobres, com o coração voltado para o Senhor”.

Depois de Fr. Massimo, também Fr. John Wong, Definidor geral e Delegado para as Comunicações, interveio para saudar e ouvir os participantes: “Depois do Capítulo Geral fomos chamados a uma reestruturação da Cúria e, portanto, também do Departamento de Comunicações, que ela não deve apenas se comunicar dentro da Cúria Geral, mas também se comunicar com o exterior. Portanto, é importante criar uma rede de comunicadores e um vínculo entre os escritórios de comunicação de toda a Ordem: estou ao seu serviço e espero conhecê-lo e colaborar com você”.

Em seguida, moderados por Ir. Byron, todas as entidades se apresentaram: das Américas à Oceania, da Europa à Ásia, passando pela África, cada um contou sua experiência no campo da comunicação: são muitos os desafios que se enfrentam todos os dias, às vezes os meios não são muitos, mas a “reestruturação” do campo da comunicação é de fato um processo que já começou.

O próximo passo será recolher as expectativas e propostas desta rede “recém-nascida” de comunicadores franciscanos: nos próximos dias será enviado um questionário aos participantes, cujas respostas serão elaboradas e apresentadas no próximo encontro da Rede, no mês de setembro.

A Assessoria de Comunicação da Cúria Geral agradece a todos os participantes e convida aqueles que não estiveram presentes a nos escrever para serem incluídos no mailing list:  comgen@ofm.org

Além do pessoal da Assessoria de Comunicação da Cúria, participaram do primeiro encontro da rede de comunicadores franciscanos as seguintes entidades:

Prov. SS. Mártires de Marrocos (Portugal)
Prov. NS de Guadalupe (EUA e América Central)
Prov. NS dos Húngaros (Hungria)
Prov. São Tomé Apóstolo (Índia)
Prov. Santos Francisco e Tiago (México)
Prov. São Francisco de Assis (Brasil)
Prov. Imaculada Conceição (Brasil)
Prov. Assunção BVM do Rio da Prata (Argentina)
Prov. Santa Isabel (Alemanha)
Prov. Santo Antônio de Pádua (Filipinas)
Prov. São Pedro Bautista (Filipinas)
Prov. Santo Antônio (Brasil)
Fundação São Francisco (Rússia)
Cust. Sagrado Coração de Jesus (Brasil)
Cust. São Bento da Amazônia (Brasil)
Cust. Santa Clara (Moçambique)
Prov. Santa Cruz (Brasil)
Prov. São Miguel Arcanjo (Itália)
Prov. Imaculada Conceição (Itália)
Prov. Seráfico de São Francisco (Itália)
Prov. São Francisco estigmatizado (Itália)
Prov. XII Apóstolos (Peru)
Fundação OFM Fraternitas (Itália)
Obra Social de Santo Hermano Pedro (Guatemala)
Prov. São Venceslau (República Tcheca)
Prov. Santo Spirito (Austrália e Nova Zelândia)
Prov. Santos Sete Mártires da Calábria (Itália)

Fonte: https://ofm.org.br/

Fonte: ofm.org.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui