As raízes franciscanas da missão de Matteo Ricci na China

572

“A notícia da influência na escolha missionária do Padre Matteo Ricci da história dos Beatos Franciscanos Tomás de Tolentino e Odorico de Pordenone é significativa porque relaciona a presença dos Frades Menores na terra da China entre os séculos XIII e XIV com a subsequente do venerável de Macerata“, escreve o frei franciscano Pietro Messa, professor de História do Franciscanismo na Pontifícia Universidade Antonianum, em Roma. em artigo publicado por Il Cattolico, 03-06-2023. A tradução é de Luisa Rabolini.

Eis o artigo.

Um dos melhores amigos de infância do padre Matteo Ricci foi seu concidadão e coirmão jesuíta Gerolamo Costa.

Matteo Ricci (esquerda) e Xu Guangqi, na edição chinesa de Os elementos, de Euclides, impresso em 1607. (Imagem: Digitalizada por Villanova University)

Isso permitiu que notícias sobre suas respectivas famílias também aparecessem na correspondência entre os dois. Assim, na carta escrita da China em 14 de agosto de 1599 ao padre Gerolamo, reitor do noviciado jesuíta em Roma, afirma: “Meu caríssimo Lívio, permita-me chamá-lo pelo nome de nascimento que lhe foi dado por seus pais, que sempre recordo junto com os meus. Ontem recebi por via marítima sua carta muito bem-vinda, com notícias sobre o estado de saúde de minha mãe Giovanna e sobre as atividades de meu pai Giambattista, que talvez com seus tantos compromissos profissionais e públicos tenta não pensar sobre minha escolha de vida que, provavelmente, jamais compartilhou. Meu pai nunca acreditou que desde criança eu sonhava em vir aqui para a China, o misterioso Katai sobre o qual havia lido na biblioteca de nossa escola naquele famoso livro ‘O Milhão’ de Marco Polo e depois também nas ‘Memórias de viagem’ do franciscano Odorico de Pordenone, memórias na quais encontrei a história, entre outras coisas, da descoberta em 1326 perto de Bombaim, do corpo incorrupto do Beato Tomás de Tolentino, martirizado […] em 11 de abril de 1321″.

A notícia da influência na escolha missionária do Padre Matteo Ricci da história dosBeatos Franciscanos Tomás de Tolentino e Odorico de Pordenone é significativa porque relaciona a presença dos Frades Menores na terra da China entre os séculos XIII e XIV com a subsequente do venerável de Macerata. E entre aqueles pioneiros franciscanos, merece destaque o minorita João de Montecorvino, arcebispo da atual Pequim de 1307 a 1328. O sétimo centenário da morte de Marco Polo em 2024 será uma ocasião propícia para conhecer melhor frades e mercadores que se encaminharam para a China e a cuja posteridade também atraiu o padre jesuíta Matteo Ricci.

Download 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui