CFFB realizou o I Retiro Franciscano Online com Pe. Éderson Queiroz

700

A Conferência da Família Franciscana do Brasil realizou dos dias 30 de maio a 03 de junho, o I Retiro Online Franciscano. Estavam presentes 29 religiosas, 2 leigas OFS e uma leiga simpatizante da espiritualidade, os membros do Conselho Diretor: Frei Gilson, Ir. Rosa Maria, Nivaldo, e a equipe de coordenação Sede Ana Paula e Guilherme.

O Encontro contou com a assessoria de Pe. Éderson Queiroz, da Arquidiocese de Uberaba/MG, franciscano de coração. Tema: Seguimento de Jesus Cristo a partir de São Francisco. Foi realizado pela plataforma Meet em dois horários, 9:00hs e 15:00hs.

30 de maio

Reflexão inicial: Gênesis (Gn 3, 9), seguido do tema “O Jesus de Francisco e Clara”.
Momento orante: Ir. Rosa Maria, CFS.

31 de maio

Temas: Cristologia do seguimento: um modo de pensar e viver de Francisco de Assis e o Altíssimo se fez menor.
Momento orante: Solange, OFS e Janaina, leiga.

01 de junho

Temas: A virgem Maria na contemplação de Francisco e Clara e O amor ao Crucificado.
Momento orante: Ir. Madalena G., IFB, e Ir. Eurípedes, Franciscanas Allegany- Moçambique/África.

02 de junho

Temas: O Cristo Cósmico, Francisco de Assis e o Cuidado com a Criação e Há uma Cristologia Franciscana subjacente na Fratelli Tutti?
Momento orante: Ir. Cláudia Pires, CIFSC, e Ir. Silvana Lopes, CFR.

03 de junho

Tema: O que é o Sínodo sobre a Sinodalidade, na visão franciscana?
Momento orante: Ir. Marli Catarina, IFSJ.

Todos falaram dos desafios em tempos de pandemia, partilharam seus anseios quanto ao Carisma Franciscano e manifestaram a união da família franciscana com o Retiro.

Os irmãos e as irmãs falaram dos desafios em tempos de pandemia, partilharam seus anseios quanto ao Carisma Franciscano e manifestaram a união da família franciscana com o Retiro. Após as reflexões,  as irmãs deixaram seus testemunhos e sugestões para o próximo Retiro. Dentre as diversas contribuições, podemos citar algumas sugestões: continuar a oferecer Retiros Online e mais palestras de bons conferencistas bem como o assessor Pe. Éderson Queiroz.

Seguem alguns testemunhos:

“Para mim foi muito válido, pois sentia necessidade de aprofundar mais a espiritualidade Francisclariana. Vou partilhar o que for possível nas reflexões com os leigos que refletem a Espiritualidade Francisclariana, conforme o carisma da nossa congregação.”
Ir. Anita David, PSTMJ

“Na verdade eu não tinha programação para fazer retiro agora uma vez que estou de férias na casa de minha família e não é um ambiente propicio para tal recolhimento. Mas logo gostei do tema, e de saber que seria o padre Éderson o responsável por nos conduzir durante esses dias. Uma vez que em outro retiro me sentir profundamente tocada e provocada por sua fala. Na etapa que estou vivendo acredito que foi providenciado pelo Espírito Santo esses dias de abertura e questionamentos no qual me sentir profundamente tocada. Agradeço a Deus pela oportunidade de ter passado esses dias na medida do possível bebendo do carisma Franciscano. E perceber através das partilhas e da fala do padre que Francisco é uma proposta para o mundo no qual vivemos sem referências.”
Ir. Deise Gabrielle, FSCJ
“O retiro reavivou em mim a afeição pela vocação franciscana, com um renovado compromisso na dimensão do ser e fazer, no sentido de crescer na identificação com o meu Senhor Jesus Cristo, sendo progressivamente um sinal mais nítido de vida, de profecia e esperança, da alegria do Evangelho, da paz que o mundo precisa, do ardor que o Espírito Santo imprime em quem se decide amar a Deus, aos irmãos e toda Criação, com os mesmos sentimentos de Jesus, amor que revela a Misericórdia do Pai por toda a humanidade. Que a Santíssima Trindade me ajude a cumprir este propósito de vida e missão!”
Ir. Marli Catarina Schlindwein, IFSJ
Refletir e rezar o seguimento de Jesus Cristo a partir de São Francisco e Santa Clara reascendeu a chama inicial da vocação. Reconhecer com Santa Clara que o grande caminho não se faz com os pés, mas o coração.”
Ir. Márcia Aparecida Escher, CFS
“Revisão da Espiritualidade Franciscana despertou o desejo de vivê-la mais intensamente. A invocação ao Espírito Santo ajudou-me muito a me preparar para a festa de Pentecostes. Essa parada nessa época é energizante e nutritiva.
Valeu a pena.”
Ir. Marli Pimenta Porto, Franciscanas de Allegany – Moçambique/África
“Meu testemunho é da graça de ter sido um revigoramento para mim. Quando me escrevi estava um pouco cansada e desolada, mas com a colocação do primeiro dia de passear no meu jardim existencial me desinstalou daquilo que estava sentido e comecei me sentir melhor. Tudo foi muito provocante, nunca perder de vista o amor o ponto de partida.”
Irmã Maria do Carmo Montegutti, IFNSF
“O que tenho a testemunhar é que minha vida transborda de alegria em ser uma franciscana, cada dia que conheço um pouco mais de Francisco de Assis, mais desejo tenho em seguir seu testemunho, perceber Deus em todas as criaturas, assim como foi a pedagogia de Francisco,.
Trabalho, procuro conscientizar as pessoas quanto ao cuidado com a criação, ao mesmo tempo sinto tão impotente, diante do descaso da humanidade, mas não desisto em fazer e falar do que está ao meu alcance.”
Solange Luciano, OFS

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui