Convento da Penha: Frades rezam Terço pelas vocações

76

Vila Velha (ES) – O Mês Vocacional é um tempo em que a Igreja no Brasil convoca toda a sociedade para a oração nas intenções das vocações. É tempo de ouvir o chamado de Deus à experiência da vida cristã de uma maneira atenta. Isto é, Deus continua nos chamando seja para a vida religiosa ou para a vida laical. A Igreja nos propõe cultivar o exercício da prece por todos os que se sentem escolhidos pelo Senhor.

A oração, a devoção pessoal e familiar nas noites de terça-feira têm sido cada vez mais expressivas, motivadoras e inspiradoras. Toda terça tem Terço em Família, repetimos isso diversas vezes pelas redes sociais do Convento da Penha. E nessa repetição, assim como as Ave Marias, repetimos nosso gesto de gratidão. A gratidão move tantos homens e mulheres, tantos filhos e filhas de Nossa Senhora da Penha, para o louvor e a oração em família.

Na noite de ontem (24), dois motivos especiais explicaram o encontro da família dos frades franciscanos do Convento da Penha com as famílias dos fiéis em casa: a celebração do aniversário de dois freis, o Pedro Engel (que completou 85 anos) e o Valdir Nunes Ribeiro (comemorando seus 61 anos); e a meditação do Terço Vocacional aos pés da Virgem da Penha.

O Terço Vocacional é uma proposta da Província Franciscana da Imaculada Conceição. Nele são meditados os “mistérios vocacionais” no Rosário. Desde a primeira terça-feira de agosto, os freis rezam e meditam “a busca”, “o chamado”, “o seguimento”, “a missão e “a fidelidade”. Desta forma, não só as vocações religiosas ou eclesiásticas são contempladas com a prece, mas todos os que são chamados por Deus a serem sinal Dele onde estiverem.

No início da oração, que foi acompanhada por centenas de pessoas pelas mídias digitais do Santuário de Nossa Senhora da Penha, os freis cantaram “A Decisão é Tua” (Vocação), canção do Pe. Zezinho. Em seguida, Frei Pedro de Oliveira apresentou as motivações do encontro, afirmando que os confrades, Valdir e Pedro Engel, “ouviram a voz do vento, chamando sem cessar, ouviram a voz daquele que chamou Francisco, Clara, tantos companheiros… Assim, somos também chamados a agradecer a Deus pelo dom da vida do frei Valdir e Pedro Engel”, comentou.

Nos intervalos de cada mistérios, alguns fiéis que apresentavam as orações e intenções tinham seus comentários recolhidos pela equipe de comunicação, assim, era estabelecida uma forma ágil de interação e participação. Havia romeiros e devotos de Nossa Senhora rezando de países como nos Estados Unidos, Portugal e Chile.

Nas intenções, muitos lembraram a triste situação do Afeganistão, as dificuldades sociais e desafios políticos enfrentados no Brasil, a violência que lamentavelmente assola muitas cidades do Espírito Santo. Rezaram ainda pela vocação dos frades do Convento e pelos jovens que estão começando a vivenciar o período de descoberta da vocação.

Ao final da meditação dos mistérios, todos de pé cantaram a “Salve Rainha”, concederam a bênção final e festejaram, com direito aos parabéns, a vida dos dois confrades. Rezaram também a Oração pelas Vocações, de São Paulo VI: “Jesus, Mestre divino, que chamastes os Apóstolos a vos seguirem, continuai a passar pelos nossos caminhos, pelas nossas famílias, pelas nossas escolas, e continuai a repetir o convite a muitos de nossos jovens. Dai coragem às pessoas convidadas. Dai força para que vos sejam fiéis como apóstolos leigos, como sacerdotes, como religiosos e religiosas para o bem do Povo de Deus e de toda a humanidade. Amém”.

Cristian Oliveira, assessor de imprensa

Fonte: Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui