Eleita a nova presidência da Conferência Eclesial da Amazônia – CEAMA

451

A Conferência Eclesial da Amazônia, CEAMA, reuniu-se em Assembleia Ordinária nos dias 26 e 27 de março, de maneira presencial em São Paulo, Brasil, e um grupo virtualmente.
Durante a reunião, os participantes refletiram sobre o caminho realizado nos últimos anos e os desafios que estão por vir na implementação do Sínodo Amazônico, através dos Núcleos Temáticos. Também foi apresentado um plano para a reforma dos Estatutos que contribuirá para o fortalecimento e consolidação do CEAMA, no espírito de sinodalidade, da Assembleia Eclesial e como serviço às jurisdições eclesiásticas da Amazônia.

Nova Presidência

Após a renúncia de seu presidente, o cardeal Cláudio Hummes, e dos demais membros da presidência, ocorreu a eleição de novos dignitários da CEAMA.

O cardeal Pedro Barreto, arcebispo de Huancayo (Peru) e atual presidente da Rede Eclesial Pan-Amazônica – REPAM, foi eleito presidente.

Leonardo Steiner, arcebispo de Manaus (Brasil), foi eleito como primeiro vice-presidente, e Mauricio López, coordenador do Centro de Redes e Ação Pastoral do CELAM (Equador), como segundo vice-presidente. Eugenio Coter, bispo de Pando (Bolívia), foi ratificado como representante dos bispos amazônicos na presidência da CEAMA.

Ao final das eleições, o cardeal Pedro Barreto expressou sua gratidão ao cardeal Claudio Hummes, que tem trabalhado nos últimos anos para consolidar a REPAM e a CEAMA. “A força do Espírito Santo nos encoraja a continuar neste caminho, com uma estratégia de encarnação no território amazônico na complementaridade entre a CEAMA e a REPAM nesta tarefa. Que os povos originários e as comunidades tradicionais da Amazônia se sintam parte da Igreja e na defesa da vida na Amazônia”.

Fonte: Vatican News

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui