Morre Irmã Sueli Madalena Wardenski que atuou em Xanxerê ajudando doentes

67

Morre Irmã Sueli Madalena Wardenski que atuou em Xanxerê ajudando doentes

Nas redes sociais entes de Franciscanas Missionarias lamentam a morte de Ir. Sueli Madalena Wardenski, aos 63 anos de idade.

Ir. Sueli Madalena Wardenski nasceu em Canoinhas-SC, aos 27 de fevereiro de 1959, sendo a décima filha de Alberto e Julia Wardenski que, com o duro trabalho da agricultura conseguiu criar 12 filhos.

A vocação à Vida Religiosa de Ir. Sueli surgiu a partir da vivência cristã na família, o testemunho de fé, a prática diária da oração, a participação na comunidade, em grupos de jovens, equipe de liturgia, que foram despertando nela o cultivo de um Deus presente na vida. Os Padres Franciscanos e as Irmãs de Canoinhas muito a ajudaram em sua opção vocacional. Em 1978 entrou no Juvenato, em Canoinhas e aí fez também o Postulantado em 1979. Em Chapecó fez o Noviciado em 1980. Em 1982 fez a Primeira Profissão e em 1986 fez a Profissão Perpétua.

Em seus 40 anos de Vida Consagrada, Ir. Sueli serviu, em diferentes momentos, em nove fraternidades da Congregação, nas áreas da saúde, pastoral paroquial, formação, coordenação de fraternidade, vice provincial.

Destes lugares os que mais a marcaram foram: Xanxerê pelo trabalho junto aos doentes e Campina Grande pela diferença da cultura e pela alegria e acolhida do povo. Ela amava exercer a profissão de enfermagem, viajar e cozinhar.

Foi prendada por Deus por muitos dons, entre eles: bondade, mansidão, capacidade de doação, de amar, simplicidade, ternura, fé, amizade os quais buscava cultivar e colocar a serviço dos irmãos e irmãs da fraternidade, junto aos doentes e pessoas que encontrava.

Gostava da passagem bíblica de Isaias 43, 1-7 porque sentia dentro de si que Deus a chamou a vida e a missão e por isso lhe era agradecida.

Buscava identificar-se com nossos santos fundadores: Santa Maria Bernarda, São Francisco de Assis e Santa Clara, procurando viver e testemunhar a misericórdia de Deus, a simplicidade, a alegria, o amor aos irmãos e a criação.

– Tu apenas nos antecedeste. No momento oportuno nós também iremos e nos juntaremos a ti e a nossa amada Congregação do céu. Descanse em paz e interceda a Deus pela Congregação e por mais vocações – finaliza entes da Franciscanas Missionarias.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui