Nova Fraternidade assume o Santuário Frei Galvão neste domingo

109

A Província Franciscana da Imaculada Conceição escreverá, no dia 11 de abril de 2021, mais um capítulo na sua história de 345 anos. Os frades franciscanos estarão assumindo o Santuário Frei Galvão, em Guaratinguetá, a terra do santo frade franciscano. Esse momento histórico marcará a posse dos frades com a assinatura do convênio, com duração de 30 anos, pelo Ministro Provincial Frei César Külkamp e pelo Arcebispo Dom Orlando Brandes, representando a Arquidiocese de Aparecida.

Esta Santa Missa, às 18 horas (com transmissão pela TV Aparecida), marcará a posse de Frei Diego Melo, Frei Roberto Ishara e Frei Leandro Costa Santos, frades que praticamente há seis meses estão ajudando diariamente nas confissões, aconselhamento, acolhimento do povo e celebrações.

Para marcar esta data, o novo reitor do Santuário, Frei Diego, conta que a celebração de posse começará mais cedo, às 8h30, com a bênção de envio dos frades e postulantes pela Fraternidade do Seminário Frei Galvão, onde Frei Diego e Frei Roberto Ishara residem.

Dali, frades e alguns fiéis devotos, respeitando as normas sanitárias, farão uma peregrinação até o Santuário Frei Galvão. “Vamos recordar um gesto tão parecido com o que Frei Galvão fazia nas suas longas caminhadas”, explica Frei Diego.

“Nesta caminhada faremos umas paradas significativas: uma delas é na Casa Frei Galvão. Assim como Frei Galvão, quando jovem pediu a bênção de sua família para iniciar a caminhada vocacional, nós faremos uma primeira parada na sua casa, atual museu, pedindo aos seus familiares a bênção e demonstrando essa comunhão que queremos ter com essa família que nos deu este irmão para a Província, para a Ordem para a Igreja. Este irmão que é santo”, acrescentou o frade.

Na sequência, a peregrinação fará outra parada na Igreja Santo Antônio, a Igreja Matriz de Guaratinguetá onde Frei Galvão foi batizado e rezou a sua primeira Missa, demonstrando essa comunhão a partir do batismo com a Igreja local. “Lá estarão alguns padres diocesanos que também darão a bênção de envio, evidenciando essa eclesialidade, essa comunhão que queremos ter com a Igreja local, até porque este é um Santuário Diocesano”, recorda Frei Diego.

Seguindo a caminhada, haverá um encontro com o prefeito e o secretário de turismo, uma vez que Guaratinguetá é uma instância religiosa e turística. “Nós sabemos que a chegada dos franciscanos ao Santuário Frei Galvão era algo desejado e esperado por muita gente dessa cidade. Também temos consciência da importância dessa devoção para todo o munícipio. Assim, queremos demonstrar nosso apreço e amizade a todo o povo de Guaratinguetá representado pelo seu prefeito Marcus Soliva”, situou o novo reitor.

Nesse trajeto, segundo Frei Diego, não se poderia esquecer dos mais pobres. “Faremos uma parada no calçadão de Guaratinguetá, onde todas as sextas-feiras, nós como fraternidade franciscana, ajudamos a Pastoral do Povo em Situação de Rua da Paróquia da Glória, uma antiga Paróquia franciscana. Toda sexta-feira Frei Ruan, eu e mais dois postulantes vamos distribuir quentinhas para a população em situação de rua. Queremos mostrar que um santuário franciscano precisa ter esse olhar para os mais pobres. Ali, pediremos a bênção daqueles que são nossos mestres, daqueles pelos quais Frei Galvão também teve um carinho especial e que hoje são representados por esses irmãos e irmãs que estão em situação de rua”, adiantou o frade.

A peregrinação chega, então, ao Santuário, onde o Ministro Provincial Frei César dará a bênção à nova residência dos frades, à nova Fraternidade da Província. No final do dia, às 18h, celebração a missa de posse, presidida por D. Orlando Brandes, concelebrada pelos demais confrades e na qual nos será dada a posse oficial do Santuário Frei Galvão, confiando os cuidados pastorais e administrativos à nossa Província.

Conheça a Nova Fraternidade

Da esq. para dir.: Frei Diego, Frei Leandro e Frei Roberto

Frei Diego Atalino de Melo

Filho de Roselei Maria e Alfredo Adenir Melo, Frei Diego nasceu no dia 26 de agosto de 1983 em Lages, Santa Catarina. É nesta cidade que foi ordenado presbítero no dia 11 de fevereiro 2012. A primeira etapa na formação religiosa franciscana de Frei Diego foi o Aspirantando de Ituporanga, em 2002. No ano seguinte, foi para o Postulantado e recebeu o hábito franciscano em 2004, na cidade de Rodeio. Concluiu o Curso de Filosofia (Curitiba) no ano de 2007 e, em 2011, terminou o Curso de Teologia no Instituto Teológico Franciscano de Petrópolis (RJ). Professou solenemente na Ordem Franciscana no dia 5 de novembro de 2009 e foi ordenado diácono no dia 4 de dezembro de 2010. Desde sua ordenação, Frei Diego se dedicou à animação vocacional na Província da Imaculada, onde se destacou no trabalho com juventudes, levando à criação do Conselho Provincial de Juventudes, da Província Franciscana da Imaculada Conceição. Agora, tem pela frente a grande missão de animar o Santuário Frei Galvão como reitor.

Para ele, ser franciscano “é uma proposta para quem de fato é corajoso, para quem não é medíocre e aceita viver um grande desafio a cada dia”.

Frei Roberto Ishara

Frei Roberto Ishara nasceu no dia 3 de janeiro de 1970. É filho de Yuko Ishara e Nely Eiko Ishara e tem quatro irmãos: Sidnei, Sandra, Marcelo e Claudinei. “Sou o penúltimo”, conta. Seu discernimento vocacional aflorou quando morava no Japão trabalhando como dekassegui, onde leu toda a Sagrada Escritura. Segundo ele, desde criança queria ser padre. Quando retornou ao Brasil, tomou a decisão de ser padre. Escolheu ser religioso franciscano e ingressou na Ordem Franciscana por esta Província, quando vestiu o hábito em 2004 e fez a profissão solene em 5 de novembro de 2009. Desde que foi ordenado presbítero, em 20 de outubro de 2012, trabalhou na Paróquia São Francisco de Assis, na Vila Clementino (SP), foi missionário em Angola, trabalhou na Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, na Rocinha (RJ) e no Santuário Frei Galvão, em Guaratinguetá (SP), onde vai dedicar mais ao atendimento das confissões . Na sua ordenação disse: “Na pessoa de Francisco vemos que é possível a vivência do Santo Evangelho. No carisma de Francisco temos uma linguagem universal e, por isso, uma diversidade de atuações no apostolado”.

Frei Leandro Costa dos Santos

Filho de Francisca e Francisco Moisés dos Santos, Frei Leandro nasceu na capital paulista e é o terceiro dos seis filhos. Ingressou no Seminário de Agudos em 2005 e vestiu o hábito franciscano em 2009. Cursou em seguida Filosofia e Teologia e, em 2017, foi ordenado diácono no Santuário Divino Espírito Santo, em Vila Velha (ES), onde residiu antes de assumir, neste ano, o trabalho no Pró-Vocações e Missões Franciscanas (PVF), em São Paulo.

Do seu período de formação, destaca a forte experiência vivida entre os anos de 2014-2015 em Duque de Caxias, na Paróquia São Francisco. “A Igreja de Caxias, na minha história pessoal, é uma referência marcante em termos de igreja engajada e participativa”, diz o frade. Em 2016, concluiu os estudos teológicos. Foi ordenado presbítero no dia 9 de fevereiro de 2019, residindo e trabalhando no Convento e Santuário São Francisco, especialmente no serviço de animação vocacional. Agora, no Santuário, vai se dedicar mais à comunicação. Sobre sua missão como sacerdote, lembra Frei Leandro: “Acredito também que o contato com o povo, além de ser um exercício ministerial, é uma fonte da qual me abasteço por inteiro”.

Fonte: Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui