O FUTURO DAS ALMAS SANTAS

269

Caríssimos, a graça que nos é dada em Jesus Cristo supera infinitamente a nossa natureza limitada, mas no Seu amor para conosco, Deus Pai, por meio de seu Filho, nos enviou o Espírito Santo com todos os dons necessários para que assimilemos em tudo, conforme a fé que professamos, o seu mistério de salvação, na certeza da herança eterna que o Senhor reservou para aqueles que o amam.

Na primeira leitura de hoje, São Pedro nos ensina qual seja o comportarmento que devemos ter para vivermos todas essas graças que nos foram dadas: “Como filhos obedientes, não modeleis a vossa vida de acordo com as paixões de antigamente, do tempo da vossa ignorância. Antes, como é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos, também vós, em todo o vosso proceder. Pois está na Escritura: “Sede santos, porque eu sou santo”.

Ora, quem tem como objetivo a santidade, não pode perder tempo com as coisas deste mundo, mas, como escreveu São Paulo: “Se, portanto, ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus. Afeiçoai-vos às coisas lá de cima, e não às da terra. Porque estais mortos e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, vossa vida, aparecer, então também vós aparecereis com ele na glória.”

E Paulo, continua: “Portanto, como eleitos de Deus, santos e queridos, revesti-vos de entranhada misericórdia, de bondade, humildade, doçura, paciência. Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, toda vez que tiverdes queixa contra outrem. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai também vós. Mas, acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição. Triunfe em vossos corações a paz de Cristo, para a qual fostes chamados a fim de formar um único corpo. E sede agradecidos.”

Caríssimos, a condição de deixar tudo por amor a Cristo significa exatamente o que diz esta parábola: “O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo.” Ou seja, a riqueza das almas santas é oculta aos olhos deste mundo. Portanto, o futuro dos homens e mulheres que assim procedem, é viver na Glória do Reino de Deus como seus filhos e filhas.

Paz e Bem!

Frei Fernando Maria OFMConv.

 

Fonte: http://brasilfranciscano.blogspot.com/

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui