Rumo a um “nós” cada vez maior: o sonho de uma única humanidade

37

“Somos chamados a sonhar juntos, sem medo de sonhar, a sonhar juntos como uma única humanidade, como companheiros na mesma viagem, como filhos e filhas desta mesma terra que é a nossa Casa Comum, todos irmãs e irmãos”. São palavras do Papa no novo vídeo do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, que há meses vem promovendo uma campanha de comunicação focada no tema escolhido por Francisco para o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado: Rumo a um “nós” cada vez maior.

Em vista da celebração do Dia do Migrante e do Refugiado no domingo, 26 de setembro, apresentamos os testemunhos de duas jovens que deixaram a Venezuela para a Colômbia com uma mala cheia de incertezas, mas também de sonhos. Ambas estão participando de um curso de costura que lhes deu a coragem de recomeçar.

“Nós migrantes”, afirma uma delas, “temos sempre um pouco de medo de enfrentar o desconhecido, porque é algo que nunca vimos antes e temos um pouco de temor de como o faremos. Mas agora eu realmente acredito que não devemos ter medo do que não conhecemos. Eu digo que não devemos ter medo de sonhar”.

“Todos nós podemos ter um futuro juntos como irmãos e irmãs”, confirma a outra jovem, “porque somos todos irmãos e irmãs. Acredito que o caminho que todos percorremos é o mesmo, porque Deus tem um propósito para cada um de nós. Vejo a possibilidade de todos nós vivermos em uma casa comum, como irmãos, compartilhando serenidade e felicidade, convivendo, todos juntos”.

Fonte: Vatican News

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui