Transformação

301

“Exultemos, amadíssimos, com júbilo espiritual e, alegrando-nos diante de Deus com uma digna ação de graças, elevemos livremente os olhos do coração para aquelas alturas onde se encontra Cristo”. (S. Leão Magno)

Onde ficam essas “alturas” nas quais encontramos Cristo? Normalmente olhamos para o céu e imaginamos que ali está Deus, ali estão os nossos queridos que nos precederam na eternidade, ali estaremos nós….

Quando estamos em paz com nossa consciência, sabendo que agimos corretamente em tudo que realizamos e pensamos, estamos nessas alturas, dentro de nós mesmos.

Quando esquecemos nossos próprios interesses e nos doamos, de coração aberto e livre, para alguém que necessita de nossa ajuda, de nossa presença, de nosso ombro amigo, estamos dentro de nós, nestas alturas.

Quando estamos solidários com a dor de quem sofre, perto de nós ou longe, e nos unimos em oração, enviando energias de luz e de esperança, estamos nestas alturas do nosso interior.

É ali, em nosso coração, em nosso interior, que está  a semente de todas as virtudes, de todo bem que se desabrocha, com nosso amor e empenho, levando-nos à plenitude das alturas, no mais profundo do nosso ser. E quando nos deixamos inspirar pela voz desse santuário, habitado por Deus, transformamos o vale de lágrimas em Vale de Graças.

(Ir. Mírian)

Fonte: http://www.franciscanas.org.br/noticias/transformacao/

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui