Contribuição das Irmãs Franciscanas no ensino em Santa Maria foi tema de Atividade Científica

65

A V Atividade Científica na Biblioteca promoveu a apresentação da obra ‘Irmãs Franciscanas em Santa Maria: uma congregação de mulheres empreendedoras no ensino superior (1953-2018)’, na terça-feira (29). Estes momentos são pensados para promover o melhor uso da Biblioteca Irmã Consuelo Silveira Netto. A atividade contou com a presença da escritora da obra, Luciana Souza de Brito, professora de Arquivologia da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Luciana explica que o livro foi idealizado a partir de um estudo realizado em seu doutorado em História pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Onde pode analisar a trajetória das irmãs, além de seu empreendedorismo, mas também de como as religiosas modificaram o contexto histórico e educacional de Santa Maria. A docente comenta que a publicação trata: “Não só das Instituições que foram gerenciadas por elas no município, mas principalmente da constituição na criação da UFSM. O meu livro traz estas abordagens de toda a atuação delas ao longo dos anos no município”.

A obra tem como objetivo compreender e reconstruir a trajetória da Congregação das Irmãs Franciscanas da Penitência e Caridade Cristã, no período de 1953 a 2018, esta que foi marcada pela sua atuação no ensino superior em Santa Maria. Observa-se no livro que as Irmãs Franciscanas tiveram uma atuação protagonista e empreendedora na criação e no desenvolvimento do ensino superior em Santa Maria. Tudo isto a partir da concepção de Instituições de Ensino sob gerência da própria Congregação, mas também atuando de forma decisiva para a constituição da Universidade Federal de Santa Maria.

Texto: Vitória Oliveira/Estagiária de Jornalismo
Fotos: Divulgação/Biblioteca Irmã Consuelo Silveira Netto

Fonte: UFN.edu.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui