Dia da Mundial da Vida Consagrada!

261

Consagrada num tempo ainda marcado pela pandemia do Covid-19 e suas nebulosas consequências que afligem a humanidade, particularmente os mais pobres e excluídos. Somos convidadas a pensar e lutar por uma Vida Consagrada cada vez mais aprendiz, especialmente nesse contexto.

O Dia da Vida Consagrada foi celebrado, pela primeira vez no dia 02 de fevereiro de 1997, na festa em que se faz memória da apresentação que Maria e José fizeram de Jesus no Templo (Lc 2,22). Aqui revela-se o mistério de Jesus, o consagrado do Pai, que veio ao mundo para cumprir fielmente a sua vontade (cf. Hb 10,5-7). Ele veio para resgatar toda a humanidade, mais precisamente ficar do lado dos mais vulneráveis…

Como Vida Consagrada somos interpeladas a ser esta presença iluminadora na igreja e no mundo, no serviço a Deus e a humanidade, nos passos de Jesus.

“Olhe todo dia neste espelho”! A Vida Consagrada tem essa mesma missão, espelhar-se no amor de Deus, que se fez amor que leva a preservação da vida humana e tem o cuidado necessário pelas criaturas. O mundo necessita mais que nunca de pessoas que se abram à ação do Espírito e, que de maneira desapegada e muito livre saibam doar a vida, a exemplo de Jesus, até o martírio.

“Mestre, onde moras, mestre onde estás…? ” A Vida consagrada é interpelada a avivar a esperança junto aos empobrecidos. Estar inserida lá onde estão as marcas da dor e destruição da casa comum, nos diferentes cenários e espaços da vida humana, principalmente junto aos descartados de nossa realidade, rumo às periferias. Como nos lembra o Papa, enxugar as lágrimas dos últimos e neste percurso encontramos Francisco de Assis abraçando e convivendo com os leprosos e reverenciando a natureza.

Como se torna precioso hoje, em meio a tantas solidões e formas de desprezo, acolher, respeitar cada irmão, irmã, caminhar juntas no fortalecimento do diálogo, na escuta, no fortalecimento das relações de solidariedade! Como se torna vital intensificar os laços de afeto, cultivar atitudes de atenção, valorizar os pequenos gestos e mover-se na gratuidade em favor das pessoas esquecidas e mais sofredoras. Todos estes gestos nutrem a esperança!

Celebrar a Vida Consagrada no despojamento e na alegria de ter Javé como única herança! Celebrar o dia da Vida Consagrada é para nós, retornar ao ponto de partida, a intuição inicial das nossas primeiras irmãs. Celebrar o dia da Vida Consagrada é lançar-nos nas fronteiras e periferias, deixando-nos sensibilizar e afetar sempre mais pela vida ameaçada que nos remete a mística da encarnação solidaria do próprio Jesus de Nazaré.

Faz-se necessário, hoje ser uma alternativa profética construída em redes, alianças, animada e alimentada pelo espírito das origens, sem medo das intempéries e firmadas na opção fundamental de Jesus, pelo Reino.

É dia de renovar nosso compromisso e dedicação missionária na sinodalidade, sendo esperança e luz, nos espaços que promovem e defendem a vida em todas as suas formas. Caminhemos e vivamos a dimensão comunitária de nossa opção, pois quando estamos muito sozinhas, podemos perder o sentido da realidade e a clareza, interior, lembra o Papa (Gaudete et Exsultate, 140).

Como mulheres esperançosas, celebremos confiantes, pois temos muita vida para partilhar. Fortalecidas na ternura de Deus, que nos amou e chamou, façamos nesse dia 02 de fevereiro, a renovação da nossa consagração à luz do Evangelho e do nosso carisma.

Por: Irmã Rosali Ines Paloschi pela Coordenação Geral

Fonte: CICAF

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui