E a Experiência Assis/2022 continua…

601

 

Agora, em Santa Maria dos Anjos da Porciúncula: “A Porciúncula de Francisco e de todos nós: aqui aprende-se a abandonar a sabedoria do mundo e a conquistar a sabedoria que vem do amor”.

Alojados na casa das Irmãs Missionárias de Gesù Bambino, com o coração em festa e agradecidas/os a Deus pela caminhada, continua a jornada de estudo, oração, contemplação e conhecimento dos lugares.

Visitamos o Eremitério de Le Celle e a cidade de Cortona. Conhecemos a Igreja de São Francisco, o de está sepultado Frei Elias e a Igreja o de está sepultado o corpo de Santa Margarida de Cortona.

Na sequência, as fotos abaixo:

Os lugares nos deixam encantados/as. A caminho de Rivotorto, visitamos a Capela da Madalena, pequena e simples.

Abaixo, a foto.

Em Rivotorto, um momento para conhecer e rezar na igreja Santa Maria do Rivotorto.

Estudo e reflexão em Gubbio

No dia em que estudamos, refletimos e partilhamos sobre a Integridade da Criação, visitamos em Gubbio, o “local do encontro de São Francisco com o lobo”, onde vivenciamos um momento de oração e partilha, com inspiração no Cântico do Irmão Sol.

Após a celebração, fizemos uma longa caminhada para conhecer a cidade.

A Experiência Assis/2022, caminha para a reta final
A Experiência Assis/2022, caminha para a reta final, que será no Monte Alverne. Assim, após uma rica manhã de estudo e partilha da Segunda Carta de Santa Clara a Santa Inês de Praga, visitamos Perugia, capital da Úmbria, para conhecer o lugar onde São Francisco ficou preso no período da guerra, visitar a catedral e conhecer o centro da cidade. Tarde rica em conhecimento e experiência de convívio fraterno.

A jornada de visitação foi encerrada com a visita a capelinha do antigo mosteiro beneditino, na Bastia.

Segue os testemunhos de Frei Irwin Couto Silva, OFM, e Ir. Maria das Dores R. de Moura, CFA.

O que a Experiência Assis representa para mim? Antes de mais nada, é uma graça de Deus estar fazendo esta experiência de percorrer os caminhos por onde andou Francisco e Clara de Assis. Ao depararmos com a história destes santos, com os momentos de convivência fraterna, enquanto grupo da Família Franciscana, nos encontramos com nossa história. Deparando-nos com ela, aumenta o amor a nossa Instituição. A Experiência Assis é um marco de ânimo Vocacional para a vida religiosa. Quem faz a Experiência Assis não volta o mesmo religioso, a mesma religiosa. É uma experiência de muitas emoções, partilha, oração e convivência que experimentamos neste período. Uma marca para toda a vida.
Frei Irwin Couto Silva, OFM
Como é difícil encontrar uma palavra que possa expressar algo tão grandioso que só a própria EXPERIÊNCIA nos proporciona! Creio ser impossível regressarmos às nossas fraternidades do mesmo jeito. Quem vivenciou cada passo, não com o olhar de turista, mas em plenitude, adentrando em sua gruta interior, pisou, sentiu, rezou, sobretudo, recebeu o perdão da Porciúncula e pode ver, “ com os olhos quê um dia a terra há de comer”, como dizia sempre nosso orientador espiritual Frei Celso Márcio Teixeira, OFM, que cada dia nos enriqueceu com suas reflexões. Claro que esse processo depende tão somente da acolhida e do espaço que oferecemos em nosso coração! A cada momento que eu via, entrava e tocava um espaço “pisado e sentido” por Francisco e Clara, dava-me arrepios e brotavam sentimentos difíceis de serem explicados! Outra graça é poder desfrutar de um tempo sem chuvas e de agradável temperatura, o que possibilita- nos aproveitar ao máximo de todos os momentos pensados e programados com muito esmero pela Equipe coordenadora da EXPERIÊNCIA ASSIS -2022, Denise, Frei Celso e Ir. Cleusa. Termino essas poucas palavras com o coração transbordante de alegria e gratidão ao Senhor da vida e à minha Congregação, que oportunizou a mim, esta humilde serva, tão grandiosa graça!Ir. Maria das Dores R. de Moura, CFA

Despedida de Assis

Chegando ao término de uma longa jornada de estudo, reflexão, convivência fraterna, estudo e visitação dos lugares Franciscanos, o grupo da Experiência Assis/2022, se despede de Assis e parte para o Monte Alverne.

Monte Alverne

Chegando no Monte Alverne, deu-se início a última etapa da Experiência Assis/2022. Para todos os participantes, uma rica e inesquecível experiência de convivência fraterna, oração e contemplação nos diversos lugares por onde passou, viveu e rezou o serafico pai Francisco e Santa Clara. Para cada participante, foi uma oportunidade de e requerimento e retomada do compromisso de seguimento a exemplo de Francisco e Clara de Assis. Portanto, recomeçar é a “nova meta”.

Momentos vividos no Monte Alverne…

Celebração eucarística na capela dos estigmas.
Caminhada e convivência…

Participação na procissão e oração das 15hs.

De render graças a Deus pela experiência e assumir o compromisso de recomeçar, participando da celebração eucarística de envio, celebrada na capelinha de Nossa Senhora dos Anjos.

Última foto do grupo antes de partir.

Preparação para a partida.

A Experiência Assis, realmente é uma experiência. Ver, sentir, tocar e estar nos lugares dos quais muitas vezes já ouvi falar ou li nas Fontes Franciscanas ou outros livros é muito diferente.
Foram muitos os momentos e lugares marcantes. Percebo que, conhecendo os lugares onde São Francisco viveu, também fomos fazendo um processo interior de crescimento em nossa vida espiritual.
Sendo assim, ao chegar à última etapa que é aqui no Monte Alverne, logo senti estarmos num lugar muito especial no qual São Francisco teve a sua mais profunda experiência de encontro com Jesus crucificado.
Quanta alegria e emoção estar no lugar onde Francisco recebeu as chagas. Ao termos a graça de celebrar nossa missa na Capela dos Estigmas me tocou muito ao rezarmos pela Família Franciscana do mundo inteiro.
Enfim, esse lugar é um lugar sagrado, um lugar muito espiritual. Levarei essa lembrança gravada no meu coração para sempre. E com a ajuda de Deus, a Experiência Assis vai contribuir para me tornar uma franciscana melhor e a propagar mais o carisma franciscano.
Gratidão a equipe de coordenação e a todos que tornaram possível estarmos aqui.
Irmã Helena Biesdorf, PCC

Quando será a próxima Experiência Assis?
Em 2024, com participação de outros irmãos e irmãs.
Fraterno abraço.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui