‘EDUCAR É PREVENIR’ Projeto da ALE-RR leva informações sobre combate ao tráfico humano à escola do Caranã

365

Nessa sexta-feira (24), o projeto “Educar é Prevenir”, do Programa de Defesa de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa de Roraima (PDDHC/ALE-RR), concluiu uma série de atividades no Colégio Estadual Militarizado Pastor Fernando Granjeiro Menezes, não bairro Caranã. O intuito foi levar informações sobre o combate ao tráfico humano para o corpo docente e discente da escola.

Palestras de representantes de instituições públicas e privadas foram proferidas para um público de mais de 300 estudantes. O principal foco do projeto é promover um diálogo com a comunidade escolar sobre as modalidades, formas de aliciamento, prevenção e desmistificação de alguns mitos relacionados ao tráfico de pessoas, conforme explica Socorro Santos, diretora do Programa de Direitos Humanos da ALE-RR.

 

“Nosso papel maior é sensibilizar por meio da prevenção. Durante esta semana, a gente traz o projeto, conversa com professores e mobiliza a escola como um todo. Hoje [sexta-feira], fechamos a nossa ação com a rede de apoio para mostrar quem são os agentes que combatem o tráfico humano no Estado”, explicou Santos.

Quem aprovou a iniciativa foi o aluno Yan Rocha, de 17 anos. O estudante do segundo ano do ensino médio estava atento às informações repassadas pelos instrutores dos órgãos públicos.

“A palestra foi de extrema importância para nossa vida, principalmente por nos dar um aprendizado sobre as nossas amizades, pois por meio de amigos e até mesmo de familiares é que podemos cair nesse tipo de perigo. Por isso, temos que ter cuidado redobrado sobre a quem a gente vai expor as nossas fraquezas” declarou.

 

Uma das palestrantes foi Juliana Melo, representante da organização humanitária Cáritas Brasileira. Ela destacou que esse trabalho de base com os estudantes é necessário para identificar o tráfico de pessoas.

“Há muitos mitos sobre o que é esse crime. O que as pesquisas mostram é que 87% das pessoas são traficadas por meio de gente que elas conhecem e cerca de 90% desse crime ocorrem pela internet. Por isso, é relevante mostrar aos jovens como de fato acontece a abordagem”, ressaltou Melo.

 

O gestor da escola, tenente-coronel Bernardo Arcilou, classificou a ação do programa especial da ALE-RR como fundamental para a apresentação do tema aos estudantes.

“Os alunos não têm conhecimento sobre esse assunto, pois nós sabemos que existe o problema, mas não como combatê-lo e levá-lo para nossas crianças. A presença de instituições, como a Assembleia Legislativa, é de suma importância para levar isso aos nossos alunos”, afirmou.

 

A rodada de palestras também contou com a participação do representante do Conselho Tutelar Michelson Cruz, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Rede da Conferência dos Religiosos do Brasil denominada “Um grito pela Vida”.

 

Política pública e atendimento

O recrutamento, transporte ou alojamento de pessoas, por ameaça ou uso da força para fins de trabalho análogo à escravidão, exploração sexual, remoção de órgãos e adoção ilegal são alguns tipos mais comuns do tráfico de pessoas.

Desde 2017, o Poder Legislativo trata o tema como política pública por meio Centro de Promoção às Vítimas de Tráfico de Pessoas do Programa de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania (CPVTP – PPDHC), que abarca o Centro de Promoção às Vítimas de Tráfico de Pessoas, os projetos “Educar é Prevenir”, “Prevenção sem Fronteiras” e “Mira Ellos”, e é pioneira nas ações de prevenção.

Os gestores escolares interessados em receber a semana instrutiva do “Educar é Prevenir” podem procurar atendimento na sede do Programa de Defesa de Direitos Humanos e Cidadania, na Rua Coronel Pinto, 524, bairro Centro, ou pelo e-mail traficodepessoas.rr@gmail.com.

Confira a programação anual do ‘Projeto Educar é Prevenir’

MÊS  ESCOLAS  BAIRRO
Março CEM Pastor Fernando Granjeiro Menezes Caranã
Abril CME Professora Wanda David Aguiar 

E.E Professor Hildebrando Ferro Bittencourt

Raiar do Sol 

Bairro dos Estados

Maio E.E Monteiro Lobato 

E.E Gonçalves Dias

Centro 

Canarinho

Junho CME Camilo Dias Liberdade
Julho CME Professor Carlo Casadio Cinturão Verde
Agosto CEM Carlos Drummond de Andrade 

EE Fagundes Varela

Pricumã 

Nova Cidade

Setembro CME Professor Severino Gonçalo Cavalcante 

EE Jesus Nazareno de Souza Cruz

Dr. Sílvio Botelho 

Caranã

Outubro EE Professora Coema Souto Maior 

CEM Dr. Luiz Ritler Brito de Lucena

Tancredo Neves 

Nova Cidade

Novembro CEM Professora Maria de Lourdes Neves Pintolândia

 

Texto: Anderson Caldas
Fotos: Eduardo Andrade
SupCom ALE-RR

Fonte: al.rr.leg.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui