Elba Ramalho faz participação em live da Esperança e da Solidariedade dia 26, às 19h

41

A próxima Live da Esperança e da Solidariedade acontece sexta-feira, 26 de junho, das 19h às 20h30, com o tema “Diálogo e Paz”. Participam o padre Reginaldo Manzotti e os Cantores de Deus. A cantora Elba Ramalho faz uma participação especial. O padre Manzotti gravou um vídeo reforçando o convite para os cristãos participarem da live que vai refletir sobre o diálogo e a paz.

A Live da Esperança e da Solidariedade é promovida pela Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), junto a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), SIGNIS Brasil, Cáritas Brasileira, Movimento de Educação de Base (MEB) e Editoras Católicas. É sempre realizada às sextas-feiras, desde o dia 5 de junho.

O objetivo é levar a um agradável momento cristão de música e reflexão, durante o período de isolamento social, motivando a generosidade das pessoas, inclusive com alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social que estão sendo afetadas pela Covid-19. Os eventos contam com a apresentação de Marcus Tullius, coordenador Nacional da Pascom do Brasil e apresentador.

As Editoras Católicas que estão colaborando com o evento são: Editora Ave-Maria, Canção Nova Editora, Editora Santuário, Editora Edebê, Edições CNBB, Ediçoes Loyola, FTD Educação, Paulinas Editora, Paulus Editora, Editora Vozes, Editora Ideias e Letras, Editora Bom Jesus e SM Educação.

A primeira live aconteceu dia 5 de junho, às 19h, com a participação do padre Zezinho, padre João Carlos e padre Ezequiel Dal Pozzo. A segunda foi dia 12 de junho, com o tema Globalizar a Esperança, com a presença dos cantores Álvaro e Daniel, além de Eliana Ribeiro. Com o tema Aldeia que Educa, a terceira aconteceu dia 19 e teve como convidada a Adriana Arydes e participação do padre Fábio de Melo.

As transmissões são sempre pelos canais no YouTube da ANEC (@anecbrasil) e da CNBB (@cnbboficial). Vc pode acompanhar no link abaixo:

 

Fonte: CNBB

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui