Irmãs Franciscanas de Cristo Rei: um olhar solidário sobre Roraima

146

No dia 14 de dezembro, a diocese de Roraima foi agraciada com a visita de duas irmãs Franciscanas de Cristo Rei, proporcionando um momento de reflexão sobre a missão e o carisma da congregação. Em entrevistas, as irmãs Isabel e Lenir Treçoldi compartilharam suas experiências, missões e a possível abertura de uma nova casa na região.

“Cumprimento-me paz e bem a todos os que nos ouvem pela rádio. Eu sou irmã Lenir Treçoldi, sou franciscana de Cristo Rei, residente em São Paulo, na cidade de Rio Grande da Serra, no ABC Paulista. Estou em Roraima para conhecer a realidade local, os trabalhos e projetos desenvolvidos, além da possibilidade de uma missão nesta região. Nosso carisma é seguir o Cristo servo, obediente e crucificado, aquele que São Francisco encontrou em São Damião. Estamos aqui para servir, especialmente aos mais pobres, no jeito franciscano de estar no meio do povo, com humildade e simplicidade.”

A congregação das irmãs Franciscanas de Cristo Rei está presente no Brasil desde 1963, celebrando neste ano seis décadas de dedicação e serviço nos estados de Santa Catarina, Goiás e São Paulo. As atividades apostólicas abrangem diversas áreas, sempre voltadas para os necessitados, incluindo trabalho pastoral paroquial, formação de lideranças, catequese, e serviços em ONGs, hospitais públicos, postos de saúde e escolas públicas.

A irmã Isabel, que atualmente reside em Santa Catarina, compartilhou sua experiência de 34 anos de vida consagrada, sendo mais de 40 anos na congregação. Seu trabalho tem sido focado na educação, especialmente com crianças e adolescentes em uma ONG. A irmã Isabel faz parte do conselho do instituto e está em Roraima, para avaliar a possibilidade de abrir uma nova casa na diocese.

“Estamos analisando a possibilidade de estar abrindo uma casa nesta diocese, e teremos uma assembleia com todas as irmãs do Brasil em janeiro para discutir isso. Pessoalmente, fiquei entusiasmada com o que vi aqui e sinto um chamado para estar presente e assumir essa missão junto a esse povo. É um apelo significativo que sentimos, e estou disposta a contribuir com a presença e apoio a essas pessoas.”

Com mais de cinco séculos de história, as Franciscanas de Cristo Rei têm origens em Veneza, com um grupo de mulheres que iniciou a congregação em 1459. Sem um fundador específico, o grupo manteve sua casa geral em Veneza ao longo dos anos. A irmã Isabel ressaltou a importância do histórico da congregação e sua trajetória ao longo do tempo.

A presença das irmãs em Roraima despertou esperança e expectativas na comunidade local. Em meio aos desafios pastorais da diocese, as religiosas buscam entender de que maneira podem contribuir de forma mais eficaz. A irmã Lenir destacou o processo de discernimento em andamento, ressaltando que a visita permitiu que observassem, ouvissem e contemplassem a realidade local.

“Acredito que há a possibilidade de estarmos contribuindo aqui com a diocese de Roraima. Ainda estamos em processo de discernimento, mas esta visita nos proporcionou a oportunidade de ver, ouvir e contemplar essa realidade. Percebemos muitos sinais que indicam que aqui é também o nosso lugar.”

No dia 15 a 20 de janeiro, as irmãs participarão de uma assembleia nacional para discutir a possibilidade de estabelecer uma presença mais permanente em Roraima. Com um olhar solidário sobre a região amazônica, as Franciscanas de Cristo Rei estão prontas para estender sua missão e carisma aos mais necessitados, seguindo os passos de São Francisco de Assis.

CRÉDITOS: Libia López

Fonte: Monte Roraima FM

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui