VII CAPÍTULO PROVINCIAL DA TOR EM MOGI MIRIM

323

Na semana de 22 a 26 de outubro os frades da Vice-Província Nossa Senhora Aparecida se reúnem em Mogi Mirim, interior de São Paulo, para realizar o VII Capítulo Provincial. Pedimos a todos que invoquemos a força amorosa de Deus Pai, que caminha e faz história conosco. Ele que nos convoca a darmos novos passos na caminhada da nossa Vice-Província.

Capítulo é tempo de rever o ALICERCE, de voltar ao FUNDAMENTO. Retomá-lo com coragem. É tempo de reencontrar a PEDRA ANGULAR ÚNICA e INABALÁVEL sobre a qual se firma o projeto do Pai e o sentido de nossa vida: JESUS CRISTO.

Celebrar um Capítulo é sempre uma graça. Nele nós voltamos à FONTE, às ORIGENS, para beber da água pura do nosso CARISMA-MISSÃO. É tempo de buscar no mais profundo do poço, trazendo-o para o AQUI-AGORA, na realidade concreta, o dom e compromisso da PROMESSA e ESPERANÇA.

Capítulo é tempo de nos lançar ao fogo abrasador, que funde e purifica, libertando-nos das nossas incoerências, que deturpam a imagem, desqualificam o sinal, enganam e confundem. É tempo de embarcarmos na AVENTURA DO ESPÍRITO e nos deixar levar, sensível aos apelos da VIDA e atentos à realidade: num processo-caminho de conversão.

Diante do Crucifixo de São Damião, Francisco rezava muitas vezes uma oração curta e ao mesmo tempo densa e que hoje conservamos como um de seus escritos mais antigos. Por meio desta oração vamos pedir a Deus que neste Capítulo Provincial possamos reviver em nós a experiência de conversão e de busca sincera da vontade de Deus como fez São Francisco:

Ó Glorioso Deus Altíssimo, ilumina as trevas do meu coração. Concede-me uma fé verdadeira, uma esperança firme e um amor perfeito. Mostra-me, Senhor, um reto sentir e conhecer, a fim de que possa cumprir o sagrado encargo que na verdade acabas de dar-me. Amém.

Concedei-nos, ó Deus Onipotente, que brilhe sobre nós o esplendor da vossa claridade, e o fulgor da vossa luz. Confirme, com o dom do Espírito Santo, o nosso modo de servir na Terceira Ordem Regular de São Francisco de Assis. Concedei que as nossas fraternidades andem sempre unidas pelo mesmo Espírito, que, de modo admirável, infundistes em São Francisco, Santa Clara, São Luiz de França, Santa Isabel da Hungria e em todos os santos franciscanos, e que agora faz-nos viver em uma comum-unidade. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

Disponível em Franciscanos TOR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui