Como estamos vivendo o Projeto 23

73

Como estamos vivendo o Projeto 23

“Reservamos tempo para espairecer,
celebrar e alegrar-nos na beleza e na harmonia da vida,
certas de que assim fortalecemos nosso próprio ser” (CCGG nº 23).

 

O Conselho Geral e o Conselho Provincial disponibilizaram recursos para a organização de um projeto referente ao que rezam nossas CCGG nº23. Assim, as Irmãs de nossa Província puderam vivenciar um momento comunitário de lazer e bem querer em Morro Reuter, Nova Petrópolis ou Aparados da Serra. Também, no Lar Santa Elisabeth, acontecerá um encontro para aquelas Irmãs que não têm condições de participar dos passeios, por conta da idade ou de dificuldades de locomoção.

Percebeu-se que, a cada passeio, o espírito franciscano da alegria esteve presente e as Irmãs puderam celebrar as maravilhas de Deus, fortalecendo-se através do encontro e da fraterna acolhida umas para com as outras. Irmã Delcy Fröhlich deu graças pela feliz realização deste projeto:

“Louvado sejas, meu Senhor, pela linda experiência de sinodalidade vivida, desde a gênese, através do Projeto 23, em nossa Província (…) Quero destacar minha profunda gratidão a Deus, pelas belezas contempladas na natureza, nas flores que nos alegram, pela coordenação leve e agradável dos grupos, dos serviços felizes e gratuitos do Conselho e das outras queridas Irmãs, na partilha deste grande pão, do Projeto 23, com todas!”, escreveu.

CONFIRA OUTROS RELATOS DOS PASSEIOS VIVENCIADOS

PASSEIO EM MORRO REUTER

Irmãs da Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz

No dia 12 de outubro, o primeiro grupo teve esta alegria: mesmo com a chuva, de manhã, com muita alegria, Irmãs de diversas comunidades se dirigiram para a acolhedora casa de férias, em Morro Reuter. Estavam Irmãs das Comunidades Imaculada, São José, Bom Pastor, Santa Elisabeth e Nossa Senhora Rainha da Paz.

Na chegada, já nos esperava um gostoso café. Em seguida, não foi esquecida Nossa Senhora Aparecida e rezamos uma Ladainha preparada pela Ir. Inga Neumann. Ao meio dia, um gostoso almoço, com um galeto bem assado pela Ir. Ângela Piassini e diversos tipos de saladas e sobremesas – até um saboroso sorvete!

Estávamos todas alegres e dispostas para passar bem este dia, mesmo com a chuva. Foi um dia de lazer, de alegria, convivência, confraternização, surpresas e encontro com as belezas naturais – mesmo não podendo sair da casa, podíamos contemplar a bela paisagem que Deus criou.

Nós também nos organizamos em grupos: umas jogando cartas outras preferiram conversar e partilhar contando “causos”. Foi um dia bonito, especial e fomos muito bem servidas – parecíamos princesas!

Fomos contempladas, à tarde, com um presente, com mensagens lindas e, novamente, um lanche.

As 16h, o micro-ônibus já encostou para nos levar de volta à casa. O dia pareceu mais curto que os demais!

Somos muito gratas à Ir. Inga, Ir. Angela e também Ir. Noeli Teresinha Ribeiro e Ir. Rosinha Inês Steffen, que foram os nossos “anjos”, na atenção para que não faltasse nada, por todo o cuidado em nos ajudar e pela boa organização deste passeio. Agradecemos de coração! Deus lhes pague e as nossas orações!

 

LOUVOR E GRATIDÃO PELAS VIVÊNCIAS EM NOVA PETRÓPOLIS 

por Ir. Antônia Maria Pegoraro

Estamos nos aproximando do fim deste ano de 2022 e queremos louvar e agradecer a Deus por todos os benefícios por Ele concedidos a nós, durante esse tempo.

Em primeiro lugar, agradecer o dom da vida e da saúde, pois, em cada dia, Ele cuida do nosso sustento e nos mantém firmes no caminho da nossa vocação – como diz o canto: “Conduzidas pela graça, celebramos a vocação, nossa história continua no serviço aos irmãos, sirvamos juntas ao Bom Deus!”

Assim, sempre unidas, participamos de muitas alegrias que a Província nos oferece, entre elas destaca-se o passeio que fizemos, em Nova Petrópolis, no dia 24 de outubro.

Foi um dia lindo, cheio de sol. Nós saímos de São Leopoldo, lotando um ônibus de turismo, que

nos levou até Nova Petrópolis – cidade de cultura germânica onde tudo é bem organizado. Fomos visitar a Praça das Flores e as lojas de comércio com lembranças do turismo, também passeamos pelo labirinto verde e todo o ambiente turístico próprio e ainda mais bonito nesta época em preparação para o Natal, quanto já estavam os operários colando todas as luzes para iluminar e tornar a praça num mar de luz. Ficamos encantadas com tanta beleza!

Ao meio dia, fomos num restaurante onde havia abundância de pratos de salada e fartura de comidas muito bem preparadas e, ainda, sobremesa de várias espécies de doces.

Depois, fomos visitar o Parque do Imigrante, que é muito grande e todo cultivado para o turismo; estava todo ornamentado com flores e lindos jardins, bem como lojas para os turistas se alegrarem com estas belezas.

Foi um dia diferente e cheio de alegrias. Nós agradecemos a Deus por tudo isso, cantando o nosso hino: “Louvai o Senhor porque foi suave e tão bom! Louvores mil ao nosso Deus!”.

 

PASSEIO INESQUECÍVEL – APARADOS DA SERRA E ITAIMBEZINHO

por Ir. Paula Schneider

Raiou o dia 05 de novembro! Éramos 23 Irmãs, realizando o Projeto 23 que o Conselho Geral nos proporcionou generosamente.

Cedinho, partimos aos Aparados da Serra e Itaimbezinho.  Parecíamos atletas de grande experiência. No início da partida, estávamos prontas à espera do sinal da guia a nos dirigir até o cume do Cânion Fortaleza. Caminhamos, caminhamos morro acima. Afinamos a qualidade da escuta e da visão. A arte da escuta e o caminhar sobre rochas foi um verdadeiro exercício de resistência. Ouvimos o silêncio e ouvimos o ruído da natureza. Apreciamos as rochas que falaram por si mesmas, debaixo de nossos pés. É Deus presente também na matéria. Quanta emoção diante da grandeza de Deus Criador! Reaprendemos a dar atenção, louvar e agradecer. Foi essa nossa viagem/passeio, também um passeio interior!

Gratidão a Deus pelo dia belíssimo! Gratidão ao Conselho Geral e Provincial por este grande presente!

Fonte: deuscuida.com

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui