Decretos reconhecem milagre, martírio e virtudes heroicas de sacerdotes e religiosas

34

Durante a Audiência concedida ao cardeal Marcello Semeraro, prefeito do Dicastério para as Causas dos Santos, o Sumo Pontífice autorizou o mesmo Dicastério a promulgar os Decretos relativos:

– ao milagre atribuído à intercessão da Beata Marie-Léonie Paradis (batizada com o nome Virginia Elodia), fundadora da Congregação das Pequenas Irmãs da Sagrada Família; nasceu em L’Acadie (Canadá) em 12 de maio de 1840 e faleceu em Sherbrooke (Canadá) em 3 de maio de 1912;

– o martírio do Servo de Deus Michał Rapacz, sacerdote diocesano; nascido em 14 de setembro de 1904 em Tenczyn (Polônia) e morto por ódio à fé em 12 de maio de 1946 nas proximidades de Płoki (Polônia);

– as virtudes heróicas do Servo de Deus Cirilo João Zohrabian, da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, bispo titular de Acilisene; nascido provavelmente em 25 de junho de 1881 em Erzerum (Turquia) e falecido em 20 de setembro de 1972 em Roma (Itália);

– as virtudes heróicas do Servo de Deus Sebastián Gili Vives, sacerdote diocesano, fundador da Congregação das Filhas Agostinianas do Socorro; nascido em 16 de janeiro de 1811 em Artà (Espanha) e falecido em Palma de Maiorca (Espanha) em 11 de setembro de 1894;

– as virtudes heróicas do Servo de Deus Gianfranco Maria Chiti, sacerdote professo da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos; nascido em 6 de maio de 1921 em Gignese (Itália) e falecido em Roma (Itália) em 20 de novembro de 2004;

– as virtudes heróicas da Serva de Deus Madalena de Santa Teresa do Menino Jesus (batizada como Maddalena Rosa Volpato), religiosa professa da Congregação das Filhas da Igreja; nasceu em 24 de julho de 1918 em Sant’Alberto di Zero Branco (Itália) e faleceu em 28 de maio de 1946 em Veneza (Itália).

Fonte: Vatican News

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui