Líderes religiosos se reúnem no Paraná contra a intolerância e o preconceito

329

Representantes de diversas religiões – católica, judaica, evangélica, muçulmana, da Assembleia de Deus, de matrizes afro, kardecistas – se reuniram no Paraná em defesa da diversidade e contra a intolerância religiosa e racial, que vem aumentando no Brasil, inclusive com o surgimento de grupos neonazistas. “O estado do Paraná não tolera a violência contra religiosos. Qualquer ofensa a um sacerdote, qualquer ataque a uma igreja, a uma mesquita, a um centro espírita, a uma sinagoga será encarado como um ataque ao estado do Paraná e nós vamos agir com firmeza contra isso. Por isso estamos anunciando a adoção de três projetos muito importantes de combate à intolerância e ao preconceito religioso neste dia, que é um momento histórico em nosso estado”, disse Ney Leprevost, Secretário Estadual da Justiça, Família e Trabalho do Paraná. Participaram do encontro, entre outros, o presidente da Federação Israelita do Paraná, Isac Baril, e Szyja Lorbe, presidente da B’nai B’rith Curitiba.

Entre as medidas a serem adotadas está a aprovação da minuta do anteprojeto de lei que Institui a Lei Estadual de Proteção a Liberdade Religiosa no Estado de Paraná, que será encaminhada a ALEP após os trâmites legais internos. A medida foi levada ao secretário pelo presidente da Federação Israelita do Paraná, Isac Baril.

Outras medidas alusivas a 21 de janeiro – Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa e Dia Mundial da Religião – são:
Resolução – Instituindo no âmbito da SEJUF a Política Interna de Promoção à Liberdade Religiosa e Combate a Intolerância;
Ofício ao Conselho Permanente de Direitos Humanos do Paraná – COPED/PR solicitando a criação de uma Comissão Permanente de Proteção a Liberdade Religiosa e Combate à Intolerância.

Fonte: CONIB – Confederação Israelita do Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui