Mensagem da presidente da CFFB em celebração à Festa de São Francisco de Assis

409

DOWNLOAD

FESTA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS
MENSAGEM

“São Francisco punha coração em todas as coisas, por isso as amava e se sentia unido a elas como membros de uma
grande família terrenal e cósmica.” Leonardo Boff

Irmãs e Irmãos, Paz e Bem!

Aproxima-se a Festa do seráfico pai Francisco, celebração que congrega irmãs e irmãos em diversos países e culturas diferentes para festejar, refletir e partilhar sobre uma experiência cristã, capaz de construir laços de paz e de uma fraternidade sem fronteiras (1Cel 57,5ss; LD).

Se navegarmos através das palavras escritas nas Fontes Franciscanas, perceberemos que elas retratam não apenas a origem e a história de São Francisco, mas o “modo dinâmico” por meio do qual ele encarnou o Evangelho e se tornou para a Igreja e o mundo um exemplo (1Cel I; II; IV; X; XV). Nelas, encontramos o filho de Pedro Bernardone, “[…] protagonista de uma experiência de grande valor e significado: fascinação, inspiração e confronto. Experiência revestida de uma vontade de viver segundo o modelo do Evangelho” (Grado G. Merlo), conforme Tomaz de Celano, “única perfeição que aspirava” (1Cel 32, 1-2; LM 3, 81). Percorrendo as etapas da trajetória deste grande santo, também aprendemos que se revestir da Palavra é um ideal a ser conquistado e um caminho iniciado sob a ação do Altíssimo (Test 1-14).

Em 04 de outubro, temos motivos para celebrar as maravilhas que o Senhor realizou em São Francisco. Neste dia de festa, ocasião em que compartilhamos também a alegria de sermos franciscanas e franciscanos, busquemos compreender melhor sua vida e dela tirarmos lições para nosso agir “ao modo franciscano”. Reflitamos, por exemplo, sobre como podemos ser construtores da paz e da fraternidade, numa realidade onde a desigualdade se agudiza, mostrando como os acessos aos serviços de saúde, educação e tantos outros, são diferentes. Como construir a paz onde não há justiça e fraternidade, onde cresce a exploração, exclusão, indiferença, intolerância, mentiras, dentre tantos outros que enfraquecem a experiência da fraternidade? Em nossa reflexão, tenhamos presente as palavras do Papa Francisco: “Hoje a fraternidade é a nova fronteira da humanidade. Ou somos irmãos, ou nos destruímos reciprocamente” (Dia Internacional da Fraternidade Humana, 04/02/2021).

Irmãs e Irmãos, na busca de encontrarmos respostas que possam mudar nosso estilo de vida, aprendamos com São Francisco a colocar o coração em todas as coisas.
Com a bênção de São Francisco e confiante em sua intercessão, meu fraterno abraço e saudação, desejando a cada uma e cada um de vocês boas festas!

Brasília, 1º de outubro de 2021

Irmã Cleusa Aparecida Neves, CFA
Presidente da CFFB


1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui