Nota de Esclarecimento: Freis que enfrentam a pandemia nas ruas não estão doentes

302

Download 

Em relação às informações apresentadas no Telejornal SP1, da TV Globo de São Paulo, nesta terça-feira, dia 14 de abril, a Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, o Serviço Franciscano de Solidariedade (SEFRAS) e o Convento e Santuário São Francisco vêm esclarecer alguns pontos que podem ter gerado dúvidas e apreensões entre doadores, voluntários e parceiros de nossa Tenda Franciscana montada junto ao Convento, no Centro de São Paulo:

1) Todos os frades, trabalhadores e voluntários vinculados ao SEFRAS que atuam na linha de frente na ação humanitária não estão enfermos e têm sido constantemente orientados por profissionais qualificados, utilizando os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) adequados para cada tipo de atividade.

2) Desde o início da pandemia, toda a fraternidade tem procurado observar os cuidados de higiene e distanciamento orientado pelas autoridades.

3) De fato dois frades da Fraternidade do Convento estão hospitalizados com confirmação da Covid 19. No entanto, ambos reagem bem ao tratamento e estão no quarto. Um terceiro frade com sintomas, mas sem confirmação por teste, cumpre isolamento dentro do próprio convento, em seu quarto, acompanhado à distância por sua médica de rotina. Os outros, alguns com sintomas mais leves, também fazem o isolamento dentro de casa e seguem acompanhados.

4) Dentre os frades contaminados e com sintomas, nenhum deles esteve ou está na linha de frente com o trabalho realizado na Tenda.

5) A Tenda Franciscana tem recebido cada vez mais pessoas em busca de alimento. O que antes era um serviço voltado à população de rua, para 700 pessoas, hoje atende pessoas desempregadas do Centro e de outras regiões de São Paulo, que se deslocam para o Largo São Francisco, o que torna as parcerias, o voluntariado e as doações imprescindíveis.

6) O SEFRAS tem trabalhado com a Prefeitura de São Paulo, Guarda Civil Metropolitana e voluntários para dar conta da organização das filas – incluindo a colocação de grades – e seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde.

Trabalhamos com plena consciência de que este é um momento de cooperação, onde precisamos somar forças para dar respostas às demandas sociais ampliadas pela pandemia e que se mostram mais complexas a cada dia.

Expressando mais uma vez nossa gratidão a todos que têm colaborado nesta iniciativa e reiterando a fundamental importância da participação de parceiros, doadores e voluntários, deixamos nossa cordial saudação de Paz e Bem!

Fonte: SEFRAS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui