Cerca de mil fiéis participam da 17ª Caminhada Franciscana pela Paz

91

O percurso tem aproximadamente três quilômetros, por onde os motociclistas e o trio elétrico fazem a frente da Caminhada, transportando a imagem de São Francisco

Fiéis da baixada cuiabana percorreram por três quilômetros para participar 17ª Caminhada Franciscana pela Paz, realizada na manhã deste sábado (15). A concentração foi na Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, em Cuiabá. Segundo a organização, cerca de mil pessoas participaram da Caminhada.

O Frei Wagner José da Rosa, organizador da Caminhada da Paz, conta que o ato é realizado há 19 anos, tendo ficado parado por dois em razão da pandemia. “A Caminhada é a gente trabalhar, dizer que é preciso paz. Nós, enquanto franciscanos, e por isso que ela começa conosco, com os frades e com a ordem franciscana secular, que são os leigos que vivem também o carisma franciscano, que a gente precisa motivar o mundo de paz, de justiça, de igualdade”, conta, em entrevista ao Leiagora.

E o Frei acrescenta que a paz a que ele se refere não é apenas relacionada à não-violência, mas uma paz completa. Wagner José lembra que “paz” vem da palavra hebraica shalom, que significa uma dignidade como um todo em nossas vidas. “Não é só para que não tenha guerra, para que não se assassine ninguém. Não, é dignidade de educação, de saúde, de condições de termos segurança, é um completo na nossa vida. Isso é o que a gente tem que promover”.

O tema, ressalta o Frei, é de extrema importante também neste momento de polarização política que o país enfrenta. Ele relata que, apesar de não ser esse o foco da Caminhada, a comunidade católica também está atenta e preocupada com os acontecimentos recentes. “Porque o que temos visto são as pessoas se digladiarem em relação à política, não conseguem conversar. Isso é falta de paz”.

A Eda Lúcia da Silva, participa do evento como devota desde a primeira edição. Para ela, o ato é uma forma de divulgar a importância da paz para a sociedade. “É justamente para infundir, tentar mostrar para as pessoas que nós precisamos de paz. Precisamos caminhar juntos à procura dessa paz que está se escondendo e se esvaindo por nossos dedos”.

Sobre a Caminhada

Outubro foi escolhido por ser um mês com várias atividades franciscanas. No dia 4 é celebrado do Dia de São Francisco. Já no dia 11, franciscanos do mundo inteiro convidam fiéis a realizar um dia de jejum pela paz. “Então é um período que a gente fala de paz no mundo inteiro”, destaca o frei.

Motociclistas e o trio elétrico fazem a frente da Caminhada, transportando a imagem de São Francisco. Em seguida, vão os fiéis a pé.

Com faixas e músicas, a Caminhada também faz algumas paradas curtas para reforçar a mensagem de paz à população. Nesses momentos são abordados temas como a segurança no trânsito, refugiados de guerra e respeito às outras religiões.

Um dos pontos que os fiéis pararam foi na Avenida São Sebastião, onde crianças que fazem parte da fanfarra do grupo Siminina se apresentaram.

Para reunir os membros das comunidades localizadas nos bairros mais distantes, foram disponibilizados quatro ônibus.

Público

No início da concentração, por volta das 7h, em torno de 20 pessoas estavam na igreja. No decorrer do trajeto, mais fiéis foram chegando e, ao final, segundo o Frei Wagner, cerca de mil pessoas participaram da Caminhada.

Confira os vídeos e fotos da Caminhada:

Fonte: leiagora.com.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui